Homem carrega cruz pelo mundo há quase 50 anos para evangelizar: "É tudo por Jesus"

Arthur Blessitt é considerado pelo Guiness Book o homem que mais caminhou no mundo e afirma que suas ações são para a glória de Deus.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Quinta-feira, 1 Junho de 2017 as 1:32

Arthur já compartilhou o Evangelho com políticos como George Bush, líderes como Yasser Arafat. (Foto: Reprodução).
Arthur já compartilhou o Evangelho com políticos como George Bush, líderes como Yasser Arafat. (Foto: Reprodução).

O evangelista Arthur Blessitt têm histórias incríveis para contar. Isso devido a sua coragem de sair da zona de conforto e caminhar pelo mundo carregando uma cruz nas costas, compartilhando o Evangelho por onde passa.

Em entrevista para o blogueiro Greg Stier, Arthur contou que tudo o que têm feito até hoje é por Jesus e para sua glória. “Todas essas coisas que eu faço é para o meu Senhor. Para sua glória e honra”, comentou.

O evangelista lembra um episódio que o marcou. “Eu estava andando na rua, sem a cruz quando vi um grupo de mais ou menos 25 crianças cantando algo. Quando eu cheguei elas se viraram para mim e perguntaram: ‘Você tem Jesus como seu salvador?’ Eu achei estranho e perguntei: ‘Quem são vocês?’ As crianças disseram: ‘Nós estamos compartilhando Jesus’. Eu disse: ‘Sim, eu tenho’ e comecei a chorar”, compartilhou.

“Desde então eu passei a ser tão apaixonado, animado e radiante com Jesus. Eu fui salvo aos sete anos e comecei a pregar aos 15, mas esse episódio foi como um renovo para mim”, disse.

Grandes feitos para Deus

Arthur Blessitt é autor de fatos tão incríveis. Ele carregou sua cruz por 49 anos e mantém o recorde no Guiness Book por ser o homem com a maioria das milhas percorridas. Além disso, ele percorreu todos os países do planeta (incluindo todos os agrupamentos de ilhas) compartilhando o Evangelho com milhões de pessoas ao longo de sua trajetória.

Suas ações não ficam por aí. Arthur já compartilhou o Evangelho com políticos como George Bush, líderes como Yasser Arafat e músicos como Bob Dylan e Jannis Joplin. Ele também já teve uma faca segurada contra sua garganta em três ocasiões diferentes. Ele orou com os atacantes e hoje guarda as três facas como lembrança.

Greg tem um desejo em seu coração, que a próxima geração se mobilize para a missão de Jesus. (Foto: Reprodução).

Arthur já foi atropelado por um carro ao carregar sua cruz, desgastou inúmeros sapatos e viu uma incrível quantidade de pessoas chegarem a Cristo (ele parou de contar há muito tempo). “Arthur é um dos evangelistas mais humildes, amáveis, acolhedores e convidativos que já conheci”, disse o blogueiro Greg Stier.

De acordo com Greg, o evangelista tem um desejo em seu coração. Ele quer profundamente que a próxima geração se mobilize para a missão de Jesus e que eles sejam livres para "levar a cruz" de Cristo para todo o mundo de forma poderosa e pessoal.

Arthur é detentor da caminhada mais longa do mundo, andando por 41.879 milhas, 67.397 quilômetros, em 324 países, grupos e territórios de ilhas. A primeira vez que ele carregou a cruz foi em 1968 com histórias e fotos em cada nação. Denise, sua esposa, viaja sempre e esteve em 294 países.

veja também