Homem tenta expor cartaz com a mensagem "João 3:16" durante jogo de beisebol e quase vai preso

Gino Emmerich teria tentado expor o cartaz próximo à cabine de transmissão, mas foi abordado por um produtor de TV e quatro policiais, que afirmaram que ele poderia ser preso se insistisse com a mensagem.

fonte: Guiame, com informações do Christian News

Atualizado: Quinta-feira, 16 Julho de 2015 as 10:38

Estádio de jogos de beisebol, em San Francisco
Estádio de jogos de beisebol, em San Francisco

Um homem da Califórnia entrou com uma queixa contra a cidade de San Francisco, depois de afirmar que a polícia local ameaçou prende-lo se ele continuasse segurando um cartaz que trazia a passagem bíblica de "João 3:16" em frente às câmeras, durante um jogo de beisebol ('Giants X Dodgers'), em julho do ano passado (2014).
 
Segundo relatos do 'Christian News Network', Gino Emmerich carrega o cartaz consigo muitas vezes para os jogos de beisebol. Mas durante aquele jogo, Emmerich expôs a mensagem perto da cabine de transmissão e foi detido por um produtor da ESPN e quatro policiais, que lhe disseram que se ele mostrasse o sinal na câmera, poderia ser preso.
 
Mais tarde, Emmerich mostrou o sinal atrás dos comentaristas naquela cabine de transmissão e um policial puxou-o pela camisa para fora da visão da câmera.
 
Emmerich acredita que o policial teve sua ação motivada pela a mensagem de seu que se cartaz expunha - já que outras pessoas estavam também segurando cartazes com mensagens de diversos tipos por trás da cabine de transmissão.
 
Segundo a denúncia, Emmerich então perguntou: "Se eu for ali e segurar este cartaz de novo, você vai me levar para a cadeia?"
 
Um oficial respondeu: "Se você for lá e segurar este cartaz de novo, vamos prendê-lo e o sargento virá para decidir para onde podemos leva você".

A cidade nega o incidente e Emmerich está agora desafiando San Francisco em um tribunal federal, em busca de uma injunção permanente contra as ações dos oficiais e 50.000 dólares por danos morais.

veja também