"A homossexualidade é uma violação do design de Deus", diz pastor Bill Johnson

O pastor da Bethel Church ressalta que a homossexualidade pode "atrapalhar" o propósito de Deus para o Seu povo.

fonte: Guiame, com informações do Gospel Herald

Atualizado: Quinta-feira, 16 Março de 2017 as 12:47

O pastor explicou que a relação de duas pessoas do mesmo sexo foge do padrão divino. (Foto: Reprodução).
O pastor explicou que a relação de duas pessoas do mesmo sexo foge do padrão divino. (Foto: Reprodução).

Bill Johnson, o pastor sênior da Bethel Church, explicou por que, segundo a Bíblia, a homossexualidade é uma clara "violação do design de Deus" e que pode “perturbar” o propósito do Criador para seu povo. Em um breve vídeo compartilhado em sua página no Facebook, Bill iniciou sua mensagem com uma de suas frases mais citadas: "Quando perdemos o conhecimento da existência de um criador, perdemos o conceito de design", disse ele.

“Quando perdemos o conceito de design, atrapalhamos a descoberta do propósito. Quando atrapalhamos a descoberta do propósito, removemos a convicção de responsabilidade. Quando removemos a convicção de responsabilidade, nós minamos o temor a Deus. A Bíblia diz: ‘O temor de Deus é o princípio da sabedoria’”, comentou.

O escritor passou a explicar que um dos efeitos de perder o conceito de Criador é “remover todos os limites sobre como conduzir nossas vidas”, permitindo assim que o pecado se infiltre.

"Tudo sobre o pecado perturba e desorganiza o propósito que Deus criou para nós", explicou o pastor. "Ele é um Deus amoroso que se deleita com as pessoas e nos fez sem pecado para podermos desfrutar da vida em seu sentido mais pleno", explicou.

Violação

Para o líder espiritual, a homossexualidade foge do que Deus criou para o homem. “A homossexualidade é uma clara violação do desígnio de Deus para o mundo que Ele criou”, disse o pastor. "Deus não fez o corpo humano para se encaixar dessa maneira", pontuou.

"Você olha através da questão - sexo fora do casamento - todas essas coisas são violações do design. Deus projetou coisas para liberar bênção, prazer, favor, deleite, alegria, paz - todas essas coisas maravilhosas - na vida de um indivíduo. Essas coisas vêm a nós respondendo ao design de Deus", argumentou.

Ele continuou: "Deus nos fez de certo modo a promover coisas do jeito que ele decidiu promover. Nunca foi para ser punição ou restrição. Foi assim que você e eu fomos projetados. Seguir o design de Deus sempre traz a maior quantidade de honra para Deus, prazer e deleite para você e para mim”, ressaltou.

A audaciosa condenação de Bill Johnson ao casamento entre pessoas do mesmo sexo ocorre pouco depois que o pastor Jimmy Seibert foi atacado pela esquerda radical depois de se referir à homossexualidade como um "pecado" que viola as leis de Deus.

veja também