Idealizador da Gospel Fair garante: "O resultado superou nossas expectativas"

Jeferson Baick diz que em 2015 a feirá será realizada com o dobro do tamanho

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 16 Abril de 2014 as 12:43

Jeferson Baick

Entre os dias 10 e 13 de abril, o Centro de Convenções de Goiânia recebeu a Gospel Fair, primeira feira de serviços e produtos evangélicos do centro-oeste.

Idealizador da feira, Jeferson Baick afirma: “O resultado dessa primeira edição superou nossas expectativas.”

Em entrevista ao GUIAME, ele falou que o mercado olhou para Goiânia. “As feiras ficavam muito restritas ao eixo Rio/São Paulo e os ministérios locais acabavam não tendo espaço para seus trabalhos, e a Gospel Fair mostrou uma opção fora disso, entregando um produto com qualidade.”

Sobre a presença de público, Jeferson diz que foi bem alinhado às expectativas, mesmo com algumas questões climáticas, como a chuva em alguns dias de feira.

Paralelamente à feira, aconteceu o festival Garagem Gospel, nas noites de quinta-feira, sexta-feira e sábado, com as participações de David Quinlan, Magefone, Metal Nobre, Livres, entre outros.

Na segunda noite de show, a organização da feira teve que administrar o público devido à grande procura. Outro fato destacado por Baick foi a entrega do disco de ouro a David Quinlan durante o show.

“Conseguimos entregar uma feira para a família, que tem brinquedoteca, espaço de descanso, produtos segmentados, mas também bens e serviços que agregam à família e à casa das pessoas”, celebra o idealizador da Gospel Fair.

Embora o resultado tenha sido positivo, Jeferson Baick reconhece que muita coisa ainda pode melhorar. “É o primeiro evento e conseguimos identificar muitos pontos de ajuste. Parte do resultado positivo é compreender os pontos fracos e já temos isso tudo listado”, garante.

Para a próxima feira, ele já adianta uma novidade, um lounge de música que vai reunir 20 ministérios independentes. “Dentro desse lounge, eles terão espaço de tempo compacto para apresentar seus trabalhos e criarem contato entre si. A ideia do lounge é criar oportunidade entre o independente e a gravadora”. Tudo isso para que os ministérios independentes da região tenham ainda mais oportunidades na Gospel Fair.

Quando se trata de uma novidade, a dúvida é algo possível de existir e existiu. “Ouve o será”, comenta Baick. Segundo ele, o mercado fonográfico é mais audacioso, mas o editorial é mais receoso. “Mas o ‘será’ foi respondido, a feira aconteceu e tivemos apoio do governo do Estado de Goiás e da secretaria de turismo”, frisa.

Quer saber se a Gospel Fair 2015 vai acontecer? “Certeza. Abril de 2015, no Centro de Convenções de Goiânia, com o dobro do tamanho”, garante Jeferson Baick.

 

por Juliana Simioni
GUIAME.COM.BR

 

Jeferson Baick diz que em 2015 a feirá será realizada com o dobro do tamanho

veja também