Igreja constrói casas para membros que não têm onde morar, no Rio de Janeiro

Fábio Mendonça, pastor da Assembléia de Deus Ministério Lagoinha, usou os dízimos e ofertas da igreja e mobilizou três pedreiros para, juntos, entregarem as casas até o dia 12 de outubro.

fonte: Guiame, com informações de Rádio 93

Atualizado: Quarta-feira, 8 Julho de 2015 as 11:23

“As igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo", disse o pastor Fábio Mendonça.
“As igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo", disse o pastor Fábio Mendonça.

 

Uma igreja vem chamando a atenção por uma ação que, nos dias atuais, acaba se tornando inédita: membros que não têm moradia estão recebendo casas construídas pelo próprio pastor com dinheiro dos dízimos e ofertas, no interior do Rio de Janeiro.

Fábio Mendonça, pastor da Assembléia de Deus Ministério Lagoinha, sediada no município de Araruama, mobilizou três pedreiros para, juntos, entregarem as casas até o dia 12 de outubro.

Mendonça, que também trabalha como sargento na Polícia Militar da 25ª CIA em Cabo Frio, realiza a construção de quatro quitinetes aos finais de semana – a decisão de participar foi tomada por ele.

Duas dessas casas devem ser entregues para duas senhoras que, atualmente, dormem na igreja. Uma delas, Andréa Silva Rocha, disse que recebeu a moradia no momento em que mais precisava: “Fui amparada na hora que mais precisei, hoje tenho a segurança de um lar”.

Mesmo com o gesto generoso, o pastor disse que recebeu críticas. “Alguns pastores me perguntaram se eu não estava arrumando muito trabalho. Se Deus pensasse no trabalho que o ser humano dá a Ele em relação a desobediência à seus princípios, não teria feito o mundo. Tudo que fazemos na vida pode nos gerar problemas, você não compra um carro, por exemplo, pensando que o pneu pode furar um dia, mas no benefício que você vai ter com o veículo”, refletiu o pastor.

Mendonça ainda deixou uma mensagem: “As igrejas devem ficar mais atentas à necessidade do povo. Sejam elas materiais ou espirituais. Há igrejas em que a maioria dos membros não possui necessidades financeiras, mas sempre há os que precisam de ajuda espiritual e aqueles que precisam de ajuda material”.

veja também