Igreja dos EUA constrói abrigo para refugiados que aguardam deportação

O apartamento fica nas instalações da igreja que também oferece o contato com o evangelho, por meio do ensino da palavra.

fonte: Guiame, com informações do site Huffington Post

Atualizado: Sexta-feira, 22 Julho de 2016 as 1:12

O movimento da Universal Lutheran Chapel para com os imigrantes já acontece a cerca de um mês. (Foto: Reprodução).
O movimento da Universal Lutheran Chapel para com os imigrantes já acontece a cerca de um mês. (Foto: Reprodução).

O sentimento anti-imigrante está em ascensão nos Estados Unidos. Os candidatos presidenciais estão defendendo a deportação em massa e construindo um muro na fronteira. Os advogados e os imigrantes latinos estão sob ataque físico por pessoas que não os querem no país.

Os pais dos cidadãos americanos que foram mortos em incidentes, com imigrantes sem documentação, têm ido até a Convenção Nacional Republicana para protestar contra a ameaça percebida pela população que não está autorizada a morar livremente nos EUA.

Mas, em uma igreja com sede na Califórnia, líderes estão agindo de forma ativa contra esse clima xenófobo, esperando que o governo federal americano adote uma política de imigração mais humana em relação aos imigrantes. Na semana passada, membros da “Universal Lutheran Chapel” em Berkeley (Califórnia) anunciaram que a igreja havia criado um apartamento, para fornecer abrigo para os imigrantes locais que podem ser deportados em breve. O apartamento fica nas instalações da igreja que também oferece o contato com o evangelho, por meio do ensino da palavra.

"Aguardamos a chamada das pessoas que estão nas etapas finais da deportação e que precisam de alívio", disse o Pastor Jeff Johnson, de acordo com o site Berkeley Side.

"Vivemos em tempos perigosos, quando os líderes nacionais defendem abertamente a construção de muros que restringem populações inteiras de entrar nos EUA" acrescentou Johnson em um comunicado. "É um momento de crescimento da xenofobia, onde os refugiados são ridicularizados", disse.

O movimento da Universal Lutheran Chapel para com os imigrantes já acontece a cerca de um mês, após o Conselho Municipal de Berkeley ter aprovado uma resolução para fornecer abrigo a refugiados e migrantes, e apoiar as organizações que estão prestando assistência a estes indivíduos.

Berkeley é uma cidade onde as autoridades policiais locais não são obrigadas a prender ou deter imigrantes para processos de deportação em nome do Departamento de Segurança Interna. "Berkeley está dizendo: 'basta'", disse Kriss Worthington, membro do conselho da cidade.

Desde o início do ano, o governo Obama autorizou uma série de ataques que visam os imigrantes recém-chegados da América Central e pessoas com antecedentes criminais. Em número crescente nos Estados Unidos, igrejas e outros lugares de culto estão oferecendo um espaço onde os imigrantes podem aguardar ordens finais de deportação. Nos últimos meses, grupos de fé na Pensilvânia fizeram uma linha de emergência para ajudar os imigrantes em situação irregular durante os ataques de imigração.

veja também