Igreja envia cinco toneladas de biscoitos Oreo às tropas dos EUA

A Operação Oreo não foi a única forma que a Metodista de Alpharetta encontrou para ajudar as tropas. A igreja também apóia o Dia do Desfile dos Antigos Soldados de Alpharetta e tem um ministério centrado em ajudar os soldados que retornam a encontrar um emprego civil.

fonte: Guiame, com informações de The Christian Post

Atualizado: Terça-feira, 21 Julho de 2015 as 10:18

Primeira Igreja Metodista Unida de Alpharetta recolheu 5,6 toneladas de Oreo. (Foto: Nelson Wilkinson/ Patriotic Sunday)
Primeira Igreja Metodista Unida de Alpharetta recolheu 5,6 toneladas de Oreo. (Foto: Nelson Wilkinson/ Patriotic Sunday)

 

A Primeira Igreja Metodista Unida de Alpharetta, na Geórgia, recolheu cerca de 5,6 toneladas de biscoitos em uma campanha solidária chamada "Operação Oreo". Os biscoitos arrecadados foram enviados para membros das Forças Armadas dos Estados Unidos.

A Operação Oreo começou em 2009. Naquele ano, o líder da igreja, pastor Don Martin, fez uma viagem de avião onde se sentou ao lado de um jovem soldado que serviu no Iraque, cuja missão principal era desarmar bombas.

"Do que você mais sentia falta enquanto estava no Iraque?", perguntou Don. "Oreo!", foi a resposta rápida do soldado.

"Eu disse a ele que eu era o pastor sênior da igreja metodista e que 'Oreos em abundância' seriam enviados para o Iraque", relatou Don.

De acordo com a porta-voz da igreja, Beth Allain, foram levantados cerca de 2 mil pacotes em 2010, e até 2013 foram reunidos mais de 6 mil. Os biscoitos vêm em recipientes de tamanhos diferentes, e por isso, a contagem foi pausada em 2014.

Até então Operação Oreo tinha se transformado em uma comunidade - e não apenas da igreja - projeto de extensão, e os pacotes foram apenas demais para contar", explicou Allain.

"Nós estabelecemos nosso objetivo esse ano [de 2014] em 2 toneladas, mas nós recolhidos 3,7 toneladas dos cookies. Nossa meta este ano era de 4 toneladas, e nós recolhidas 5,6 toneladas."

A Metodista de Alpharetta se engaja para sensibilizar a comunidade para a Operação Oreo de várias maneiras, incluindo as mídias sociais, o contato com líderes empresariais e comunitários, anúncios em jornais locais e placas publicitárias na parte de fora do edifício da igreja.

A Operação Oreo não foi a única forma que a Metodista de Alpharetta encontrou para ajudar as tropas. De acordo com Allain, a igreja também apóia o Dia do Desfile dos Antigos Soldados de Alpharetta e tem um ministério centrado em ajudar os soldados que retornam a encontrar um emprego civil.

veja também