Igreja Metodista Unida dos EUA aprova casamento gay em seu livro doutrinário

A proposta remove a união homossexual da lista de atos pecaminosos, e toda linguagem que sugira algum tipo de intolerância contra a prática da homossexualidade.

fonte: Guiame, com informações de Charisma News

Atualizado: Sexta-feira, 29 Maio de 2015 as 10:26

A decisão foi tomada pela liderança da igreja na semana passada, em Nashville.
A decisão foi tomada pela liderança da igreja na semana passada, em Nashville.

 

A Igreja Metodista Unida dos Estados Unidos removeu a palavra "proibitivo" do livro de seu livro doutrinário a respeito da homossexualidade. A decisão foi tomada pela liderança da igreja na semana passada, em Nashville.

Especificamente, a proposta permite que os pastores metodistas realizem casamentos homossexuais nas igrejas Metodista Unida. A proposta remove a união homosexual da lista de atos pecaminosos, e toda linguagem que sugira algum tipo de intolerância contra a prática da homossexualidade.

O Bispo Bruce Ough, presidente da mesa de discussão, observou que"a discussão foi sincera, respeitosa desejosa em discernir a vontade de Deus."

No entanto, a vontade de Deus é claramente exposta em Sua Palavra. "Mas vós mesmos fazeis a injustiça e fazeis o dano, e isto aos próprios irmãos! Ou não sabeis que os injustos não herdarão o reino de Deus? Não vos enganeis: nem impuros, nem idólatras, nem adúlteros, nem efeminados, nem sodomitas, nem ladrões, nem avarentos, nem bêbados, nem maldizentes, nem roubadores herdarão o reino de Deus." (1 Coríntios 6: 8-10)

Os pastores foram levantados para "ensinar ao povo de Deus a diferença entre o santo e o profano, e fazê-los discernir entre o impuro e o puro" (Ez 44:23). Em vez disso, muitos estão chamando o mal de bem e o bem de mal, trocando por trevas.

 

veja também