Igreja Ortodoxa protesta contra a instalação do "Olho de Sauron", em Moscou

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quarta-feira, 10 Dezembro de 2014 as 2:25

Igreja Ortodoxa protesta contra a instalação do "Olho de Sauron", em MoscouNa última terça-feira, a Igreja Ortodoxa da Rússia alertou sobre possíveis consequências da instalação do "Olho de Sauron" (o "olho que tudo vê" citado nos filmes de J.R.R. Tolkien, "Senhor dos Anéis" e "O Hobbit"), em Moscou.

Uma empresa está planejando montar uma estrutura no 21º andar de um arranha-céu, que faria a projeção em 3D do famoso holograma. A ação será feita para comemorar o lançamento da parte final do filme "O Hobbit" nos cinemas.

Conforme citado nos livros de Tolkien (e também nos filmes inspirados nestas obras), o "Olho de Sauron consegue enxergar a todos que usam o anel do poder" e é controlado "pelo senhor das trevas".

Apesar de muitos considerarem o simbolo, apenas parte de uma grande obra de ficção, a Igreja Ortodoxa Russa alertou que há algo mais no "Olho de Sauron".

"Ele é o simbolo do demônio", disse à estação de rádio "Govorit, Moskva" o responsável pelas relações públicas da Igreja, Vsevolod Chaplin.

"Um símbolo do triunfo do mal está surgindo na cidade e se transformando em seu objeto mais alto. Isso é bom ou ruim? Eu receio que seja ruim. Não se surpreendam se alguma coisa der errado com a cidade depois".

A empresa planeja ter as instalações já prontas para projetar o holograma na próxima quinta-feira à noite e deixa-lo aceso por sete horas na torre Hals Development.

Fato que tem chamado a atenção de muitos é que as previsões de grande volume de queda de neve estão ameaçando inviabilizar o projeto.

"O Hobbit: A Batalha dos Cinco Exércitos", produzido por Peter Jackson, é a terceira e última parte da versão produzida a partir do livro de Tolkien.

Com informações do Terra

veja também