Igrejas para ateus se expandem: “roubamos as melhores partes da igreja"

“Sempre gostei de muitas coisas na igreja, como comunidade. Mas havia uma coisa que eu não gostava, e era Deus”, disse um dos fundadores da igreja ateísta.

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 1 Outubro de 2014 as 10:41

A igreja para ateus inaugurou neste fim de semana (28/09), novas unidades em cerca de 30 de cidades ao redor do mundo. A igreja funciona aos domingos, com a nominação "Domingo da Assembleia", que possui uma série de atividades motivacionais. Iniciado em janeiro de 2013 pelos comediantes britânicos Sanderson Jones e Pippa Evans, o Domingo da Assembleia busca combater a solidão e o isolamento social, sem qualquer relação com Deus.

“Sempre gostei de muitas coisas na igreja, como comunidade. Mas havia uma coisa que eu não gostava, e era Deus”, disse Jones. O comediante e Evans afirmaram terem "roubado as melhores partes da igreja" para formar o Domingo da Assembleia.

"Se você pensar sobre a igreja, existem poucas coisas ruins. Ela está cantando músicas incríveis, ouvindo conversas interessantes, pensando em melhorar a si mesmo e ajudar outras pessoas”, reflete o comediante.

“Igrejas fazem muito do que fazem porque funciona”, diz ele. “Os ateus cometem um erro ao olhar para a igreja e jogar tudo fora, só porque não acreditam em Deus”, diz um membro da igreja.

Com o seu início em Londres, em janeiro de 2013, o grupo se espalhou para as principais cidades dos EUA, como Los Angeles, San Diego, Nashville e Nova York. Em todo o mundo, os ateístas estão agora reunidos na Bélgica, Holanda, Nova Zelândia, Canadá, Hungria e Alemanha.

Segundo o site da igreja ateísta, o tamanho médio congregação é de 60 a 80 pessoas. Outras 15 assembleias dominicais são esperadas para serem lançadas no início do próximo ano.

Com informações de The Christian Post e The Guardian
www.guiame.com.br

veja também