Igrejas se unem para orar por adolescente desaparecida em Londres

A garota de 14 anos de idade está desaparecido desde a tarde de 28 de Agosto, quando ela foi filmada por câmeras de segurança, caminhando ao longo do Canal Grand Union, em Ealing, oeste de Londres.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 26 Setembro de 2014 as 4:24

Igrejas se unem para orar por adolescente desaparecida em LondresDiversas igrejas, localizadas na área ao redor de casa adolescente inglesa desaparecida Alice Gross se uniram para orar, pedindo a Deus que ela seja encontrada.

A garota de 14 anos de idade está desaparecido desde a tarde de 28 de Agosto, quando ela foi filmada por câmeras de segurança, caminhando ao longo do Canal Grand Union, em Ealing, oeste de Londres.

A polícia ainda não conseguiu localizar Arnis Zalkalns, que é o principal suspeito no caso e já foi condenado por assassinato anteriormente. Ele foi visto pedalando, pelo local onde Alice foi vista pela última vez, 15 minutos após ela ter passado por ali e não foi visto mais desde 03 de setembro.

"Temos orado uns com os outros, desde que ela desapareceu e estamos orando todas as semanas em nossas igrejas", disse a Rev. Suva Catford, ministra da Igreja Metodista Hanwell.

"Com a polícia acampada à nossa porta, não podemos deixar de nos preocuparmos com todos os envolvidos na investigação", acrescentou.

A Bless Community Church, em Hanwell ajudou a organizar uma tenda de oração por Alice no festival Brentford no dia 7 de setembro.

Os membros de várias igrejas se uniram com o resto da comunidade na colocação de cartazes e fitas amarelas com a inscrição "Encontrem Alice Gross".

O pai de Alice, Jose Gross, de 60 anos, disse em uma entrevista à BBC: "O número cada vez mais de pessoas que têm vindo a tomar parte... nos apoiar, nos enviando mensagens, tanto quanto eu posso ver é totalmente sem precedentes, e faz realmente um enorme diferença para nós".

Sua mãe, Rosalind Hodgkiss, de 50 anos, disse: "Quanto mais tempo Alice fica desaparecida, mais preocupados nós nos sentimos, e, obviamente, maior é a angústia que sentimos".

"Estamos pedindo ... às pessoas para virem aqui, como testemunhas, se tiverem qualquer informação sobre o que poderia ter acontecido com ela ou sobre onde ela poderia estar agora".

A investigação sobre o desaparecimento de Alice é a maior operação policial desde os ataques terroristas de Londres, em julho de 2007. Centenas de policiais estão cobrindo quilômetros por terra e pelos cursos dos rios em torno de sua casa.

A Polícia vasculhou também o Elthorne Park, perto de onde ela foi vista pela última vez, andando. Ontem eles filmaram uma reconstrução da rota que, a qual se tinha conhecimento que foi feita por Alice.

A recompensa de até 20.000 libras foi oferecida a qualquer um que tenha informações que levem os detetives a encontra-la.

Em um apelo a qualquer um que possa estar com Alice, a mãe disse: "Estamos sentindo desesperadamente a falta de Alice em nossa família todos os dias. Ela precisa voltar para casa, para estar com a família e os amigos que a amam".

veja também