Ilustrador é punido por causa de mensagens anticristãs em desenhos do X-Men

Foram detectadas mensagens contra cristãos e judeus de forma codificada, inseridas na revistinha X-Men Gold #1.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Terça-feira, 11 Abril de 2017 as 3:14

Desde a semana passada, os leitores de X-Men estão publicando no Twitter e Facebook suas indignações. (Foto:
Desde a semana passada, os leitores de X-Men estão publicando no Twitter e Facebook suas indignações. (Foto:

A Marvel Comics está aplicando uma "ação disciplinar" contra um dos seus ilustradores depois da indignação de muitos fãs de quadrinhos, nas mídias sociais. Foram detectadas mensagens contra os cristãos e contra os judeus de forma codificada, inseridas na revistinha X-Men Gold #1.

A obra em questão usa números que fazem referência a um verso do alcorão citado em apoio da intolerância a outras religiões, bem como um protesto político na Indonésia, de acordo com o site Bleeding Cool. Os desenhos são feitos por um artista indonésio, Ardian Syaf.

Em uma declaração para a Comic Book, a Marvel disse: "A obra mencionada em X-Men Gold # 1 foi inserida sem o conhecimento do que estava por trás de seus significados. Essas referências implícitas não refletem as opiniões do escritor, editores ou qualquer outra pessoa na Marvel”, ressaltou.

“Tais informações estão em oposição direta a inclusividade da Marvel Comics e também ao que os personagens de X-Men têm representado desde a sua criação. Esta obra será removida das impressões seguintes, versões digitais e livros de bolso”, explicou.

Ações Disciplinares

De acordo com a declaração, a Marvel está tomando ações disciplinares contra o ilustrador. Os números codificados fazem referencia a protestos de muçulmanos na Indonésia contra o governador cristão de Jacarta, Basuki Tjahaja Purnama.

Há um desenho antijudáico e uma cena de beisebol onde a camiseta de Colossus tem "QS 5:51", um versículo do Alcorão que adverte contra os muçulmanos que nomeiam líderes judeus ou cristãos.

Marc Guggenheim, o escritor de X-Men Gold #1, é judeu. Os X-Men são liderados por Kitty Pryde, que é judaica. O melhor amigo de Colossus, Nightcrawler, é um líder cristão.

Desde a semana passada, os leitores de X-Men estão publicando no Twitter e Facebook suas indignações após a publicação de X-Men Gold #1. Os fãs continuaram criticando a Marvel e o artista Ardian Syaf, porque não ficou claro o que seria a "ação disciplinar".

O ilustrador teve sua nota publicada pela própria Marvel. "Olá. Minha carreira está acabada. É uma consequência do que eu fiz e eu a aceito. Por favor, sem mais zombarias, debates ou ódio. Espero que todos estejam em paz. Nessa última chance, quero falar a vocês o verdadeiro significado por trás do QS5:51 e do 212. É o número da JUSTIÇA. E o número do AMOR. Meu amor ao Alcorão, ao último profeta, ao mensageiro e a Alá, o Único Deus. Perdão pelo alarde. Adeus e que Deus abençoe a todos. Amo a todos", lê-se.

veja também