'Je Suis Charlie'? Não, nem pensar!

"Sou totalmente contra o terrorismo, mas de forma alguma posso dizer JE SUIS CHARLIE, porque sou contra o desrespeito, seja ao cristianismo, ao islã, ao catolicismo, ao espiritismo, etc", escreve Jonathan Nemer

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 12 Janeiro de 2015 as 3:47

Charlie Hebdo por Jonathan NemerO atentado ao prédio da revista Charlie Hebdo, em Paris, na França, comoveu e chocou a muitos, despertando centenas de pessoas a protestar contra o terrorismo.

Na internet e na mídia em geral, muitas pessoas publicaram a frase 'Je Suis Charlie', que significa 'Eu Sou Charlie'. Até na premiação do Globo de Ouro, deste domingo (11), celebridades internacionalmente conhecidas fomentaram a campanha.

Mas a revista e os cartuns que ela publicava ridicularizava a fé, não só islâmica, mas cristã também, e disso nem todos sabem.

Jonathan Nemer, humorista cristão, criador do canal 'Desconfinados', no YouTube, publicou um texto em que fala sobre o tema e frisa: "Definitivamente, eu não sou Charlie'. Confira o texto:

Nos últimos dias vivenciamos mais um lamentável episódio de terrorismo, onde fanáticos religiosos resolveram fazer justiça com as próprias mãos. Poucos sabem, mas tenho dupla nacionalidade, sou brasileiro e libanês, e como todo BOM ÁRABE, sou totalmente contra o terrorismo. Ocorre que, logo após o infeliz atentado, milhões de pessoas em todo mundo começaram a dizer nas redes sociais “Je Suis Charlie” = Eu Sou Charlie, fazendo alusão aos cartunistas assassinados da revista Charlie Hebdo, que tiveram a liberdade de expressão cerceada com o ataque terrorista.

Admito que algumas pessoas de fato sejam como os cartunistas da Charlie Hebdo, mas não brasileiros, tampouco cristãos. Cristãos não são Charlie, nem católicos, nem evangélicos. Não tem como dizer que é Charlie, é incoerente.

Talvez você postou que é Charlie na empolgação, no oba oba, mas tenho certeza que não foi ver que tipos de desenhos tal revista já publicou. Ela não fazia chacota apenas de Maomé, mas também de Jesus, de Deus, da Trindade. Você sabia que a CHARLIE HEBDO já publicou na capa de sua revista uma caricatura do Espírito Santo, tendo relação sexual com Jesus e com Deus, num trenzinho, fazendo apologia ao Casamento Gay? Jesus crucificado segurando maletas de dinheiro.

Esses foram apenas uns dos desenhos que me chocaram, no meio de tantos outros tão absurdos. Sou totalmente contra o terrorismo, mas de forma alguma posso dizer JE SUIS CHARLIE, porque sou contra o desrespeito, seja ao cristianismo, ao islã, ao catolicismo, ao espiritismo, etc. Porque nos revoltamos quando o Porta dos Fundos faz um vídeo fazendo chacota com Jesus e agora queremos dizer que somos Chalie?

Se você é Charlie, você também é Porta dos Fundos. Tanto os cartunistas do Charlie Hebdo quanto o pessoal do Porta dos Fundos são ateus, e tentam por meio da arte ridicularizar a fé das pessoas.

Liberdade de Expressão é um Direito, mas ele deve ser exercido até onde começa o Direito de outra pessoa. Liberdade de Expressão pra ofender, provocar ódio nas pessoas, também é uma forma de terrorismo. Você é Charlie? Então saiba que pra mim você também é um terrorista, e posso dizer que, definitivamente, EU NÃO SOU CHARLIE.

veja também