"Jesus veio para salvar os pecadores, heterossexuais e homossexuais", diz John Piper

O pastor observa que os cristãos dão muita atenção para essa questão, mas esquecem de pecados que são mais nocivos, como a raiva, orgulho e egoísmo.

fonte: Guiame, com informações do Charisma News

Atualizado: Quarta-feira, 10 Maio de 2017 as 10:02

Piper especulou que há três razões primárias para que a homossexualidade tenha se tornado tão fortemente denunciada em círculos cristãos. (Foto: Flickr/Krytofr).
Piper especulou que há três razões primárias para que a homossexualidade tenha se tornado tão fortemente denunciada em círculos cristãos. (Foto: Flickr/Krytofr).

O pastor John Piper abordou recentemente duas questões que podem dividir opiniões. A primeira delas foi: A homossexualidade é realmente o pior pecado que existe? E a segunda: Se não é, porque os cristãos se concentram tanto nessa questão? O chanceler do Seminário Bethlehem começou respondendo a primeira pergunta.

Ele disse que a homossexualidade não era o pecado mais prejudicial. De fato, ele ressaltou que acredita que a ganância, o orgulho, o egoísmo e a raiva são as questões mais perniciosas que os crentes enfrentam hoje em dia.

"Por um lado, os pecados de ganância, orgulho, egoísmo e raiva estão mais difundidos do que qualquer atração do mesmo sexo ou comportamento homossexual", disse Piper. "Por outro lado, os pecados de ganância, orgulho, egoísmo e raiva são mais sutis e podem ser disfarçados mais facilmente como aceitável”, alertou.

Ele continua: “Sim, o número de pessoas que estão arruinadas nesta vida pelos pecados da ganância, orgulho, egoísmo e raiva é muito maior do que o número de pessoas arruinadas pela orientação do mesmo sexo ou comportamento homossexual pecaminoso. Eu acrescentaria que as misérias sociais provocadas por esses pecados também são muito maiores em alcance do que qualquer outra provocada pelo pecado homossexual".

Tanta atenção dos crentes

Em seguida, Piper especulou que há três razões primárias para que a homossexualidade tenha se tornado tão fortemente denunciada em círculos cristãos. "A razão para que o comportamento homossexual receba tanta atenção não é porque destrói mais pessoas”. O pastor explica os motivos.

“Mas porque, primeiro: gera alarde. Segundo: é um pecado público com defensores vorazes. E terceiro: é peculiarmente contrário à natureza", disse Piper . "Aqueles de nós que acreditam que a orientação do mesmo sexo é uma distorção da natureza e que pode resultar em relações homossexuais pecaminosas são chamados, como eu estou sendo chamado agora, para dar respostas a perguntas como esta e, portanto, ser público sobre isso", pontuou.

Piper concluiu lembrando aos crentes que Jesus Cristo morreu por todos - e enquanto coisas como esta podem dividir a sociedade, Jesus pode unir. Afinal, ele diz: "Jesus Cristo, o Filho de Deus, veio ao mundo para salvar os pecadores - heterossexuais e homossexuais", finalizou.

veja também