Jogador cristão interrompe suas férias para visitar amigo, ferido no tiroteio de Orlando

O ex-astor da Liga de Futebol americano, Tim Tebow e o barman da boate gay 'Pulse', Rodney Sumpter jogaram pela mesma equipe nos tempos de escola e são amigos desde então. A visita do jogador cristão deixou o amigo muito feliz.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Quinta-feira, 23 Junho de 2016 as 2:33

A visita de Tebow o deixou tão feliz que o levou postar uma foto no Instagram, registrando o encontro e expressando sua gratidão pelo amigo ter interrompido o seu período de férias para dar apoio moral para as vítimas do ataque. (Foto: Instagram)
A visita de Tebow o deixou tão feliz que o levou postar uma foto no Instagram, registrando o encontro e expressando sua gratidão pelo amigo ter interrompido o seu período de férias para dar apoio moral para as vítimas do ataque. (Foto: Instagram)

O atleta cristão e ex-astro da liga de futebol americano, Tim Tebow deixou sua férias nas Bahamas nesta semana para visitar as vítimas sobreviventes do tiroteio na boate gay "Pulse" de Orlando que ainda estão sendo tratadas no hospital, devido aos ferimentos que sofreram durante o massacre.

Uma das vítimas do tiroteio que deixou 50 pessoas mortas e feriu outras 53, no dia 12 de junho é o ex-companheiro de equipe de futebol dos tempos de escola de Tebow, Rodney Sumpter.

Tebow visitou Sumpter na última quarta-feira (22), no Centro Médico Regional de Orlando, onde seu ex-companheiro está se recuperando, após ter sido baleado em ambos os braços.

Sumpter, que trabalha como barman na boate, estava trabalhando durante o ataque terrorista. A visita de Tebow o deixou tão feliz que o levou postar uma foto no Instagram, registrando o encontro e expressando sua gratidão pelo amigo ter interrompido o seu período de férias para dar apoio moral para as vítimas do ataque.

"Meu quarterback do ensino médio deixou as Bahamas para vir me ver", escreveu Sumpter. "Tebow sempre foi uma pessoa incrível".

Além de Tebow, Sumpter também foi visitado pelo craque brasileiro Kaká, que é capitão do time de futebol de Orlando, o ex-jogador Johnny Damon, o ex-astro da NBA Shaquille O'Neal e governador da Flórida Rick Scott.

Tebow e os outros atletas foram convidados pelo governador da Flórida, para visitarem o hospital, levando um pouco de carinho e alegria aos sobreviventes do ataque, que precisaram ser internados, de acordo com os site internacional TMZ.

"Tim tem muitos conhecidos em Orlando. Família, amigos", disse a assessoria de Tim ao TMZ. "Ele quer fazer o que estiver ao seu alcance".


Fazendo a diferença
Tebow disse várias vezes que sua missão na vida não é apenas jogar futebol, mas sim impactar o mundo de uma forma positiva.

"No final, o futebol é apenas um jogo. A verdadeira grandeza está no ato de servir", disse Tebow a um grupo de estudantes durante uma convocação da Universidade da Liberdade em 2013. "Você quer ser grande? Seja um servo. Você quer ser grande? Seja humilde".

Durante uma palestra em Fresno, Califórnia, no mês de abril deste ano (2016), Tebow desafiou as pessoas a se tornarem modelos positivos.

"Há provavelmente alguém que está olhando para você", disse ele, segundo o jornal 'The Fresno Bee'. "Há alguém que pode ter a vida mudada por sua causa. A pergunta é: 'Será que vai ser mudada para melhor ou para pior?".

veja também