Jornalista afirma que filme bíblico sobre Moisés é "ambíguo nas questões de fé"

Se for levada em consideração, a controvérsia sobre o filme "Noé", "Êxodo: Deuses e Reis" também pode gerar polêmica entre os cristãos.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 9 Outubro de 2014 as 12:49

Jornalista afirma que filme bíblico sobre Moisés é "ambíguo sobre questões de fé"O zumbido, chiado, e "tsk tsk" nos círculos cristãos sobre o filme "Noé", de Darren Aronofsky apenas silenciou-se. Agora, com o lançamento do trailer e uma pré-visualização de mídia do próximo épico bíblico "Exodus: Gods and Kings" ("Êxodo: Deuses e Reis") nos EUA, o fogo das discussões está lentamente voltando.

Se for levada em consideração, a controvérsia sobre Noé, "Êxodo" também pode gerar polêmica entre os cristãos.
 
A Fox convidou diversos meios de comunicação para conferir com exclusividade, cenas em 3-D do novo filme, recentemente, em Los Angeles (EUA). Tanto o produtor Jenno Topping, como o ator Christian Bale (que interpreta Moisés), estavam presentes na sede da Fox muito para apresentar o filme.

A apresentação de mídia mostrou apenas oito cenas, com um total de cerca de 37 minutos do filme, que estréia no dia 12 de dezembro nas telonas norte-americanas.
 
Antes da triagem das cenas, Topping alertou que alguns dos efeitos especiais estavam incompletos, mas segundo a jornalista Sophia Lee, da Wolrd News Service, "o alto nível da produção era nítido".

Embora o clima do filme seja parecido com "Os Dez Mandamentos", "Noé", e "Coração Valente", os temas - especialmente o de conflito fraternal - lembraram-me de sucessos feitos para o público infantil, como a animação "O Príncipe do Egito".

"Êxodus" irá destacar as "três crises" que Moisés encontra em sua vida: uma crise de identidade ("ele é um hebreu?"); sua crise de fé ("quem é Deus?"), e uma batalha de lealdade ("à sua família de origem ou ao seu irmão adotivo Ramses?").
 
Segundo Sophia, o filme também aparentou ser ambíguo na questão sobre como vai lidar com elementos de fé. Ela afirmou em análise publicada na World, que prévia do longa-metragem mostrou que "Êxodus" se aprofunda na personalidade de Moisés, mas não busca fazer o mesmo para "o personagem de Deus", mas explicou que esta impressão só poderá se confirmar após ver o filme completo.

Com informações da WORLD News Service

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também