Jornalista visita Hillsong Church na Suécia e expõe suas impressões

Jornalista visita Hillsong Church na Suécia e expõe suas impressões: "Fora do convencional"

Atualizado: Sexta-feira, 7 Março de 2014 as 8

Jornalista visita Hillsong Church na Suécia e expõe suas impressõesConhecida como uma das igrejas que mais cresce no mundo a Hillsong Church atualmente tem sedes na Austrália, Estados Unidos, Suécia e mais nove países.
 
A jornalista Camila Catalina visitou uma das sedes, em Estocolmo (Suécia) e escreveu suas sinceras impressões que teve da igreja, além de bater um papo descontraído com um casal, membro da igreja local.
 
Confira abaixo o texto escrito por Catalina (traduzido para o português):
 
A primeira vez que ouvi falar sobre a Hillsong Church, foi quando minha amiga me disse que ela visitou uma igreja que "não era realmente como uma igreja". Com isso, ela quis dizer que o culto de domingo geralmente envolve um monte de caras descolados e tatuados, tocando músicas de rock cristão e antes do culto, todos se encontram fora da igreja para um churrasco gratuito. Com esta descrição, a igreja parecia suspeitosamente como a última noite de um acampamento evangélico de verão, e não muito diferente do tipo de eventos que essas "mega- igrejas" americanas promovem para comemorar o dia em que Jesus moveu uma pedra da entrada de uma caverna.
 
Mas eu queria dar-lhe o benefício da dúvida, então eu fui à Hillsong para conferir e confirmar estes fatos sobre a igreja.
 
Quando cheguei ao Nalen, uma das maiores salas de concerto de Estocolmo, eu não tinha certeza de que tinha chegado ao endereço certo. Poderia o mesmo clube que acolhe regularmente noites de lésbicas e shows de "death metal", realmente ser o lar de um culto de domingo? Duas horas mais tarde - saindo, coberta de suor e segurando uma Bíblia, com uma vaga lembrança de aceitar Jesus em minha vida - eu entendi completamente: eu tive um momento melhor lá naquele local do que eu tive em toda os "normais" e shows não-cristãos, nos quais eu já estive.
 
A Hillsong Church foi fundada por Brian Houston e Bobbi no início de 1980 em uma escola municipal de subúrbio nos arredores de Sydney (AUS). Seus ensinamentos são baseados na Bíblia e a igreja opera em 12 países diferentes, atraindo milhares de visitantes para seus cultos dominicais. É atualmente uma das igrejas que mais crescem na Suécia, com a chegada novos membros toda semana.
 
A denominação - também conhecida como a "igreja do pop" - tem sua própria gravadora: a "Hillsong Music", que tem lançado e distribuído os álbuns do grupo desde o início dos anos 90. "Zion", um álbum lançado pela igreja em fevereiro de 2013 vendeu 34.100 cópias em sua primeira semana, bateu o número 5 na parada Billboard EUA e alcançou o número 1 na Austrália.
 
Claro que, sendo uma corporação religiosa global, há também os aspectos de suas operações que podem irritar algumas pessoas. O noticiário australiano "A Current Affair" afirma que, porque ela é listada como uma organização religiosa, a Hillsong Church não teve de pagar nenhum imposto sobre os milhões de dólares que gerou em todo o mundo .
 
De acordo com seu relatório , a igreja traz em até US $ 25 milhões (£ 15 milhões) por ano através de suas gravadoras , conferências, cursos e doações de membros, e muitos de congregação da igreja também estão em um serviço de débito automático, entregando à igreja 10 por cento do seu salário mensal.
 
Em comparação com outras grandes igrejas como ela, membros da Hillsong são visivelmente muito jovens. Vão desde adolescentes até pessoas nos seus trinta e poucos anos. Na verdade, quando você olha para a congregação e lembra-se que a igreja tem seu próprio aplicativo para celular, grife de hip-hop inspirada nela e um podcast semanal, percebe que aquele é quase um território da paródia .
 
Então, quando você vê um pastor Hillsong mencionar a "Swedish House Mafia" (grupo constituído por três DJs e produtores de ritmos eletrônicos, como o House) como inspiração para uma cerimônia (a mesma cerimônia em que as músicas da igreja são cortadas e parafusadas, acompanhadas por um grande show de laser), ele confiantemente pisa com os dois pés na sátira. O sermão não baseia somente em piadas - as pessoas aqui parecem realmente encontram um caminho direto a Deus, assistindo à introdução, com jogos de luz e chegando até o ponto em que vários entre os presentes no serviço que participei choravam abertamente e levantando as mãos.
 
Vi uma menina em lágrimas, cujo namorado estava cantando junto com seus olhos fechados e seus braços balançando sobre sua cabeça. Em um intervalo entre as músicas, eu corri e perguntei se eles gostariam de ir para um café e ter uma conversa no dia seguinte. Eles alegremente aceitaram e foi assim que eu comecei a conhecer Samuel , 25, e Josefin, 25, voluntários e membros de longa data da igreja.
 
Jornalista visita Hillsong Church na Suécia e expõe suas impressões
 
VICE: Começando do começo. Por que todo mundo em sua igreja fica tão "quente"?
Samuel : É mesmo? Eu acho que é apenas provável que nós não somos o que a Suécia secularizada está espera dos cristãos. Isto é o que parece, esta nova geração de fiéis. A razão pela qual todos nós estamos arrumados e elegantes, provavelmente tem algo a ver com o fato de que estamos em Estocolmo e esta é uma cidade moderna.
Josefin : Nós estamos bem vestidos, porque ir à igreja é importante, e você quer estar bem quando você está fazendo algo significativo.
 
Uma coisa que me impressionou, além de sua pele e dentes perfeitos, era que a congregação em sua igreja parecia estar muito na moda. Reconheci alguns rostos da multidão cultural de Estocolmo.
Samuel : Sim, nós tendemos a atrair um grande número de jovens, pessoas criativas.
Josefin : Algumas pessoas podem nos criticar por sermos chamativos e modernos , além de utilizar esses meios para atrair os jovens. Mas nós vemos isso como uma porta de entrada natural para algo mais profundo.
 
Será que é porque vocês são ótimos em marketing?
Samuel : Não fazemos qualquer tipo de marketing, mas ainda atraímos mais pessoas a cada vez que temos um culto. Ou, para ser mais preciso, Deus atrai mais pessoas através de nós, a família Hillsong .
 
Família ?
Josefin : Sim, nós gostamos de ver a igreja como uma grande família, e não uma organização com membros.
Samuel : Quando você se torna uma parte da Hillsong, você se torna parte de uma família, e não apenas uma igreja.
 
Por que vocês acham que algumas pessoas vêem a Hillsong como uma corporação lucrativa?
A mensagem Hillsong tende a ser distorcida pela mídia, já que estamos nesta igreja bonita e somos vistos como um pouco extravagantes. Mas o que a mídia não entende é que nós estamos em uma campanha publicitária eterna.
 
A " Bíblia Sagrada" aplicativo para iPhone
Oh, uma hype perpétua - isto soa agradável. Há muitas conversas sobre como a Hillsong ganha seu dinheiro. Vocês são doadores mensais?
Josefin : Eu não tenho um salário fixo por causa da minha situação de trabalho, por isso dou o máximo que eu puder, quando eu puder.
Samuel : Eu sou um doador mensal; a cada mês eu dou 10 por cento do meu salário para a igreja, e mais, se eu puder.
 
Uau, isso é um monte de dinheiro .
Quanto mais eu dou, mais eu me sinto abençoado na vida. E eu também já reparei como as coisas mais positivas ocorrem em torno de mim quando eu faço doações para a igreja.
 
Notei um monte de gente brincando com seus iPhones ontem, durante o sermão. Isto não é um tipo de "falta de respeito para com Deus"?
Muitos de nós temos a Bíblia Sagrada como um aplicativo em nossos telefones e é assim que nós acompanhamos os capítulos bíblicos relevantes do sermão. Nós também tomamos notas do sermão dessa forma.
 
Okay. Vocês estavam chorando ontem, durante as músicas . Por quê?
Josefin : Foi Deus quem tocou nossos corações.
 
Tudo bem e amém . Valeu, galera!
 
Por Camila Catalina
 
Com informações de Vice.com
 
Tradução: João Neto - www.guiame.com.br
 
 

veja também