Jovem muçulmano ameaça explodir loja de judeu “em nome de Alá”

Mohamed Abdalah ameaçou explodir a loja porque não conseguiu comprar cigarros nela.

fonte: Guiame, com informações de Oregon Live

Atualizado: Quinta-feira, 15 Janeiro de 2015 as 9:27

Por não conseguir comprar cigarros em uma loja de iguarias em Portland, EUA, um jovem de 19 anos ameaçou explodir o estabelecimento “em nome de Alá” de acordo com registros do tribunal. 

Além das ameaças de violência, Abdalah Mohamed também foi acusado de depreciar Israel e os judeus, de acordo a delegacia.

Mohamed entrou na loja na manhã de ontem (14), e pediu para comprar um cigarro. Shaheen Brodle, que trabalhava no atendimento do balcão, disse ao adolescente que a loja não vendia cigarros por unidade e que ele teria que comprar um pacote inteiro, de acordo com Richard Freud, vice-procurador do Condado de Multnomah, pertencente à cidade de Portland. 

O jovem pediu para falar com o proprietário, Iraj Rafai. Foi quando Mohamed começou a gritar. "Eu vou explodir sua loja, eu vou mandar meus rapazes atirarem em sua loja”.

Mohamed também se referiu ao proprietário. "Você israelense, eu vou explodir a sua loja em nome de Alá! Nós cuidamos de pessoas como você”.

Ao sair da loja, Mohamed continuou gritando e cuspindo em direção a Rafai. A polícia identificou Mohamed depois de analisar as imagens de segurança interna da loja.

Mohamed também é acusado de posse de cocaína em um outro caso, de acordo com registros do tribunal. Ele deve voltar ao tribunal na próxima quarta-feira, 21 de janeiro.

veja também