Jovens cristãos são libertos em Laos

A legislação de Laos possui várias restrições. Além disso, o governo tem um posicionamento muito rígido em relação aos cristãos, que vivem sob rigorosa vigilância.

fonte: Guiame, com informações do site Portas Abertas

Atualizado: Terça-feira, 5 Janeiro de 2016 as 4:54

Famílias cristãs em Laos
Famílias cristãs em Laos

O site do Ministério Portas Abertas publicou nesta terça-feira (5) a informação que dois cristãos que haviam sido presos em Laos, um país asiático, localizado na Indochina e limitado a norte pela China, foram, libertos. Um dos casos é o de James, um estudante laosiano que foi preso no mês de setembro, por evangelizar numa pequena aldeia. Após passar três meses numa prisão, o jovem foi libertado no dia de Natal.

De acordo com o site, a legislação de Laos possui várias restrições. Além disso, o governo tem um posicionamento muito rígido em relação aos cristãos, que vivem sob rigorosa vigilância. “Por vezes, alguns são presos e experimentam extrema pressão física e emocional, para que renunciem sua fé”, afirma a publicação.

O outro caso foi do cristão Thomas, que estava preso na Tailândia há mais de dois meses. O rapaz foi autorizado a voltar para o Laos no final de dezembro. "Ele já tem autorização para voltar para Laos e agradece a todos os que oraram por ele. Em breve enviaremos mais detalhes sobre a prisão", finaliza um analista de perseguição.

Ainda de acordo com o site, os nomes James e Thomas são nomes fictícios para que não haja uma exposição dos jovens. O site indica que continuem orando por missões em Laos.

veja também