Jovens são conscientizados em palestra: “A internet não é um mundo sem lei”

Jovens são conscientizados em palestra: “A internet não é um mundo sem lei”

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 28 Abril de 2014 as 1:21

Jovens da Igreja Adventista da Promessa de Vila Maria, em São Paulo, se reuniram neste sábado, 26/04, para serem conscientizados sobre os impactos de suas ações no ambiente da web. Tendo como diretriz as questões sociais, jurídicas e de segurança, a palestra foi ministrada por Marcos Corrêa, diretor do portal GUIAME, Eunice da Silva, advogada e Cristiano Bitencourt, web designer.

Dentro dos diversos casos e estudos apresentados, Marcos Corrêa mostrou o quanto a internet tem influenciado a vida das pessoas nos relacionamentos, negócios e na carreira profissional. “Estudos apontam que em 2020, 80% dos negócios das empresas serão gerados pela internet.” Segundo Marcos, tudo o que é feito na internet tem um alcance muito maior do que se imagina. “Até mesmo para as pessoas que estão querendo entrar no mercado de trabalho, se torna arriscado usar as mídias sociais de maneira errada”.

“Ao contrário do que muitos pensam, a internet não é um mundo sem lei”, alertou Eunice da Silva. A advogada explorou os temas atuais que estão em pauta tanto na mídia como no ambiente jurídico, como as manifestações nas mídias sociais, os casos de espionagem de informações, o marco civil da internet e também questões da constituição do País dentro do contexto da web. Eunice também abordou as questões jurídicas no ambiente de mídias sociais: “Você é responsável pelo que faz na internet. Quando você curte ou compartilha algo, você declara que está totalmente de acordo com aquilo. Devemos estar muito atentos ao tipo de conteúdo que estamos concordando, pois de acordo com sua gravidade, você pode ser condenado junto com a pessoa que publicou o conteúdo indevido.”

Ao iniciar o tema de segurança da informação, Cristiano apontou para os jovens: “Ao completar 18 anos, um adolescente espera alcançar a famosa liberdade. Mas o que você tem feito com a liberdade? Eu vejo que liberdade está ligada à privacidade, mas hoje as pessoas expõem toda a sua vida.” Cristiano explicou o quanto as informações pessoais estão sujeitas ao acesso de qualquer indivíduo na internet, seja ele bem ou mal intencionado. “Na internet os números revelam quem você é, e isso se dá desde o número do seu CPF (Cadastro de Pessoa Física) até o número do IP (Protocolo de Identificação) do seu computador, revelando quem você é e onde você está.”

Por Luana Novaes
GUIAME.COM.BR

Jovens são conscientizados em palestra: “A internet não é um mundo sem lei”

veja também