"Ken Humano" apresenta melhoras em seu quadro clínico e recebe visita de pastor

O modelo precisou ser internado após o diagnóstico de Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia. Um pastor - amigo da família - o visitou e orou pelo rapaz.

fonte: Guiame, com informações do Ego.Globo

Atualizado: Quinta-feira, 12 Fevereiro de 2015 as 8:41

Ken Humano
Ken Humano

Conhecido como "Ken Humano", Celso Santebanes já está apresentando melhoras em seu quadro clínico. O modelo precisou ser internado no dia 04/02, após ser diagnosticado Leucemia Linfóide Aguda Philadelphia positivo em aplasia medular e foi encaminhado ao Hospital de Clínicas de Uberlândia da Universidade Federal.

Na última quarta-feira o pai do rapaz falou sobre a melhora do quadro clínico (que chegou a passar pelo coma).

"O médico falou que ele está bem está com um pouco de anemia mas é por conta do tratamento contra a leucemia, mas não teve nada a ver com hidrogel, ele não colocou isso, não tem nada a ver com a doença como as pessoas falaram. As manchas também foram por conta disso", conta.

Celso também recebeu o apoio de um pastor amigo da família, que foi junto a algumas outras pessoas, orar pelo rapaz no hospital.

"O pastor Luiz e mais alguns membros da igreja estiveram aqui e oraram por ele, o Celso achou bom. Ele não está mais entubado, o médico tirou hoje 14h. Ele quer conversar, mas o médico não deixou. Ele está voltando, está melhorando. Meu filho está prestes a voltar para o quarto", disse emocionado", disse o pai de Celso.

Apoio de Andressa Urach
Tendo também passado recentemente por momentos difíceis com relação à sua saúde, a modelo Andressa Urach enviou uma mensagem de apoio ao colega.

"Deus não nos dá uma cruz maior do que a que podemos carregar. Tudo tem um propósito e não há mal que dure para sempre", disse ela. "Ele e a família precisam ter força e não perder a fé. A oração de mãe é muito importante nesse momento".

Andressa ainda relatou que situações difíceis como a de Celso e também a que ela mesma enfrentou, podem aproximar as pessoas de Deus.

"Cada um tem sua fé. Algumas pessoas precisam ver para crer. Eu fui uma delas. Então, só ele vai poder dizer o que passou e se quer (se converter). Tem pessoas que não acreditam que Deus existe, assim como eu não acreditava. precisei quase morrer para acreditar, então isso tem de partir da pessoa. Não sou eu quem vai vai convencê-lo disso", disse ela.

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital informou, apesar do quadro do modelo ainda ser grave, ele não corre mais risco iminente de morte.

 

veja também