Mãe de garoto com câncer, pastora pode ser despejada e confessa: "Tenho medo"

Ela diz que a única coisa que a mantem firme até agora é a sua fé e ela está esperando arrecadar 10 mil dólares por meio de um site de “vaquinha coletiva”.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 20 Maio de 2016 as 9:24

 pastora Mimitzraiem é descrita no site da igreja como membro da quinta geração da Igreja Episcopal Africana Metodista. (Foto: Reprodução/Facebook).
pastora Mimitzraiem é descrita no site da igreja como membro da quinta geração da Igreja Episcopal Africana Metodista. (Foto: Reprodução/Facebook).

Um pastora e mãe solteira "por escolha" enfrente um dilema. Seu filho está lutando contra um câncer e pede ajuda para pagar as contas médicas. Além disso, sua luta abrange o fato de correr o risco de ser despejada de casa.

Brandee Jasmine Mimitzraiem da Embry Chapel A.M.E Church em Utah, declarou em sua página no site da igreja que é uma "mãe solteira orgulhosa pela escolha de dois filhos maravilhosos". Ela revelou em um relatório (Good4Utah) na última quarta-feira (18) que está sobrecarregada tentando cuidar de sua família e da igreja ao mesmo tempo.

"Quero estabilidade para os meus filhos”, disse Mimitzraiem ao Good4Utah. "Eu estou presa entre fazer o que é certo para minha congregação e fazer o que é certo para os meus filhos e eu estou aqui, dividida. Isso dói e eu estou com medo. Eu realmente não sei o que vai acontecer ou o que vou fazer", contou.

Ela explicou que sua igreja é deveria fornecer habitação para ela como uma pastora, mas ultimamente o orçamento tem sido apertado e na última segunda-feira ela recebeu um aviso de despejo de seu proprietário. O dilema se tornou demais para ela pelo fato de estar com um de seus filhos, Jafaralsadiq de apenas quatro anos, atualmente em tratamento com um tipo de câncer que afeta seus músculos.

"Eu ainda tenho as coisas da igreja para lidar e além disso descobrir como vamos pagar nossas contas, e meu filho ainda está doente", ela chorou.

"Meu medo é de ficar na rua com uma criança que não tem nenhum sistema imunológico", disse ela. "Me pergunto sobre os enfermeiros que acompanham ele em casa para se certificar de que ele está bem. Para onde eles vão? Que endereço devo dar para eles? Onde eles vão entregar seus suprimentos médicos? Isso é extremamente assustador", ela acrescentou.

Ela diz que a única coisa que a mantem firme até agora é a sua fé e ela está esperando arrecadar 10 mil dólares por meio de um site de “vaquinha coletiva”, o Crowdrise para ajudar com os cuidados médicos de seu filho.

"Com apenas quatro anos de idade, Jafaralsadiq tem um terço do que ele precisa para seus tratamentos contra o câncer. Ele tem de derrotá-lo em cada turno, mas ele não chegou lá ainda. Embora o tratamento esteja funcionando como deveria, o custo de seus cuidados estão aumentando cada vez mais. Ele tem uma mãe incrível, Brandee Mimitzraiem e um irmãos mais velho super legal, Salahaldin. Juntos, eles precisam de sua ajuda para derrotar o inimigo: o câncer”, diz o texto que está publicado no site.

"Seu apoio financeiro torna possível os cuidados e isso alivia a carga que esta família tem de suportar. Suas doações vão literalmente salvar a vida desse garotinho! Dê generosamente", acrescentou.

A pastora Mimitzraiem é descrita no site da igreja como membro da quinta geração da Igreja Episcopal Africana Metodista que aceitou o chamado de Deus em sua vida a pregar depois de se matricular na Universidade de Missouri do campus principal em Columbia, Missouri. Ela é atualmente uma candidata para o doutorado em filosofia na Universidade de teologia e filosofia de Drew.

veja também