Mãe de Justin Bieber ora para que cantor tenha um encontro com Deus

Mallette testemunhou seu filho passar por alguns momentos difíceis, desde que ele começou a ficar famoso com apenas 13 anos.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 4 Março de 2016 as 9:50

Justin Bieber e sua mãe na premiação American Music Awards em Los Angeles. Foto: Reuters/Jonathan Alcorn
Justin Bieber e sua mãe na premiação American Music Awards em Los Angeles. Foto: Reuters/Jonathan Alcorn

Pattie Mallette deu à luz a Justin Bieber há 22 anos e em uma mensagem de aniversário para o filho, ela pediu a Deus para dar-lhe tudo o que ela não poderia fornecer. A mãe do cantor disse: "Há 22 anos eu tinha 18 anos, grávida e com medo. Mas Deus", escreveu ela no Twitter. "Senhor, encontre @justinbieber em seu aniversário! Dê-lhe tudo o que eu não pude dar, em nome de Jesus". O astro pop havia dito recentemente em um programa de rádio: "Sem Deus eu não estaria aqui".

Mallette testemunhou seu filho passar por alguns momentos difíceis, desde que ele começou a ficar famoso com apenas 13 anos. Em 2014, Bieber teve um ano especialmente difícil depois que ele foi acusado de agredir um motorista de limusine em Toronto, incitando a casa de seu vizinho, foi preso por um DUI, além de condução questionável em Miami e supostamente participou de ato obsceno como urinar em uma cela de prisão.

Durante uma entrevista à Billboard no ano passado, Bieber revelou que seu comportamento tem relação com sua mãe. "Eu estava distante porque eu tinha vergonha. Eu nunca quis que a minha mãe ficasse desapontada comigo e eu sabia que ela estava", admitiu. "Nós passamos algum tempo sem se falar, por isso é preciso tempo para reconstruir essa confiança. Ela mora no Havaí agora, por isso é difícil, mas vai melhorando com o passar dos dias", disse.

Ainda assim, Bieber elogiou sua mãe, dizendo que ela é "uma mulher incrível e eu a amo". Foi Mallette que deu Bieber sua fundação na fé cristã em uma idade jovem, e mais tarde apresentou-o ao seu pastor e amigo, Judah Smith. "Quando eu tinha sete anos, ela não me deixou escutar nada, além das fitas de Judah para dormir", Bieber disse à Billboard.

Quando Bieber estava passando por sua fase rebelde, Mallette se recusou a comentar sobre o comportamento de seu filho enquanto ela estava promovendo seu livro em 2013, “Nowhere But Up”. em um outro momento da carreira do cantor, Bieber reafirmou sua fé: "Estou num momento em que não posso mais segurar isto", disse.

"Ele quer que eu continue a respeitar seus limites e meu relacionamento com ele", disse Mallette AO Access Hollywood em 2013. "Todo mundo tem sua própria opinião e todos querem que tudo seja sensacionalista”.

"Você tem que deixá-los fazer algumas de suas próprias decisões", acrescentou. "Eu, pessoalmente adoraria estar com ele o tempo todo e ser capaz de aterrá-lo e lidar com seus problemas e fazer todas essas coisas, mas em algum ponto as mudanças no estilo de mãe mesmo. Espero que ele ainda esteja obedecendo a voz em seu ouvido", finmalizou.

veja também