Mais de 50 mães desistem do aborto após orações de cristãos em frente à clínica

A ação é parte da campanha “40 dias Pela Vida”, que teve início no dia 10 de fevereiro e vai até 20 de março. Conforme número registrado até hoje, 59 mães desistiram do aborto no último minuto.

fonte: Guiame, com informações de Life News

Atualizado: Quarta-feira, 17 Fevereiro de 2016 as 4:22

Cada grupo atua em sua comunidade local, conscientizando amigos, familiares e vizinhos. (Foto: Divulgação)
Cada grupo atua em sua comunidade local, conscientizando amigos, familiares e vizinhos. (Foto: Divulgação)

Segundas-feiras são dias de boas notícias nas clínicas de aborto dos Estados Unidos, Canadá e outros países que legalizaram a prática. Toda semana, um grupo de cristãos se reúne em frente a esses locais para orar e conscientizar as mães que optaram por romper a gravidez.

A ação é parte da campanha “40 Days for Life" (40 Dias pela Vida, em português), que teve início no dia 10 de fevereiro e vai até 20 de março. Conforme número registrado até hoje, 59 mães desistiram do aborto no último minuto.

Cada grupo atua em sua comunidade local, conscientizando amigos, familiares e vizinhos sobre as consequências do aborto. Além disso, vigílias, orações, e jejum fazem parte da campanha pró-vida.

A campanha começou com a participação de mais de 100 pessoas em Naples, na Flórida, em uma das unidades da clínica Planned Parenthood.

Neste dia, um casal que fazia parte do grupo incentivou uma jovem a visitar o centro de ajuda móvel que estava estacionado próximo a clínica. Minutos depois, a jovem decidiu não entrar mais na Planned Parenthood. Uma vida foi salva no primeiro dia da campanha.

Melody, uma das participantes de Edmonton, no Canadá, relatou após a primeira hora de oração, o grupo conheceu uma mulher na parte de fora do centro de aborto. Os voluntários disseram que iriam orar por ela.

"Quarenta minutos mais tarde, ela saiu e tinha mudado de ideia. Ela estava indo fazer um aborto, mas quis manter o seu filho!”, relembra Melody.

"Oramos com nossos corações", disse Melody. "Não somo nós quem mudamos os corações ou fazemos as coisas acontecerem. É Deus.”

veja também