Membros de igrejas evangélicas realizam manifesto contra a corrupção, em SE

Cinco entidades participaram do ato, entre elas a União de Ministros Evangélicos de Sergipe (Umese).

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Sexta-feira, 5 Dezembro de 2014 as 10:45

Membros de igrejas evangélicas realizam manifesto contra a corrupção, em SEUm grupo formado por membros de igrejas evangélicas realizou uma manifestação pacífica contra a corrupção em frente à Assembleia Legislativa, na última quinta-feira, 04/12, em Aracaju (SE).

Com a exposição de faixas que traziam versículos bíblicos sobre justiça, os manifestantes cobravam esclarecimentos a respeito do uso das verbas de subvenção pelos deputados.

Uma investigação liderada pelo Ministério Público Federal está em andamento, para saber se a verba de 1,5 milhão de reais que cada deputado tem por ano para destinar a instituições sociais foi usada de forma eleitoreira.

"Há um ditado antigo que diz: 'Para que o mal triunfe, basta que os homens de bem não façam nada'. Então estas pessoas que estão aqui são as que não se conformam em não fazer nada, mas que se levantam, que saem da plateia do show da corrupção para dizer 'não à impunidade', para apoiar os Ministérios Públicos Estadual e Federal e o Tribunal Regional Eleitoral", disse Devid Britto, que ajudou a organizar o manifesto.

Cinco entidades participaram do ato, entre elas a União de Ministros Evangélicos de Sergipe (Umese).

"Nós só queremos justiça. Queremos que os magistrados estejam isentos de pressões e por isso, estamos aqui apoiando esta investigação. Se forem pressionados, podem contar conosco", disse Antônio Figueiredo, presidente da Umese.

Com informações do SE TV

 

veja também