Ministério Público do PR recomenda fim do repasse da prefeitura de Curitiba à Marcha para Jesus

A bancada evangélica da Câmara Municipal garantiu que os recursos continuarão sendo repassados enquanto não houver uma decisão judicial.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 20 Novembro de 2014 as 3:02

Ministério Público do PR recomenda fim do repasse da prefeitura de Curitiba à Marcha para JesusA prefeitura de Curitiba (PR) recebeu recomendações do Ministério Público do Paraná, solicitando que não repasse mais recursos para a Marcha para Jesus - evento realizado anualmente anualmente na capital do Estado.

A recomendação foi entregue por meio de um documento oficial, assinado pelo promotor Paulo Ovídio dos Santos Lima. O oficial de justiça alegou que o Brasil é um Estado laico e, sendo assim, vedou o repasse de verbas públicas para eventos religiosos.

A bancada evangélica da Câmara Municipal garantiu que os recursos continuarão sendo repassados enquanto não houver uma decisão judicial.

O vereador Tiago Gevert (PSC) ainda afirmou que, por mais que a verba não seja mais repassada, o evento continuará acontecendo.

"É um evento que está no calendário oficial do município. A gente crê que não há problemas em repassar essa verba, mesmo com esta recomendação do Ministério Público, com algumas sanções, inclusive em tom de ameaça aos vereadores que colocarem estas emendas. O evento vai acontecer com ou sem [esta] verba. A gente vai ser reunir de uma outra forma, as igrejas vão se levantar", afirmou.

Chegando à sua 23ª edição, o evento integra o calendário oficial da cidade desde 2005.

Com informações da Band News FM - Curitiba

veja também