Ministérios se reúnem em Flash Mob de dança em prol da paz na Copa

Com o figurino verde e amarelo, bailarinos declaram Jesus através da dança em todo o País

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 12 Maio de 2014 as 10:13

Cerca de 1500 pessoas se mobilizaram para um dia de oração com dança em prol da paz durante a copa neste sábado, 10/05, no Museu do Ipiranga, em São Paulo. O evento foi realizado pela Cia. Praise de Dança e pela organização da Marcha Para Jesus, acontecendo simultaneamente nas principais capitais do Brasil e em mais três países – Porto Rico, Estados Unidos e França.

Em entrevista exclusiva ao GUIAME, o Bispo John Bassi, organizador do evento, disse que a ação foi resultado da união de diversos ministérios para evangelizar através da dança.

“Com o anseio de realizar um evangelismo, Deus nos deu a visão de fazer um Flash Mob, unindo em aliança vários ministérios para estar nas ruas, declarando o nome de Jesus. E aproveitamos a Marcha Para Jesus, que é o maior evento cristão do Brasil, para fazermos uma pré-marcha”, explica.

Dentro das três coreografias montadas especialmente para a ocasião, os bailarinos utilizaram em suas apresentações os ritmos de samba, street dance e movimentos de capoeira. A seleção musical contou com o jingle da Copa, o jingle da Marcha e músicas gospel com o tema Brasil em suas letras.

“Em algumas semanas elaboramos uma coreografia limpa, organizada em seu espaço e ao mesmo tempo fácil para que as pessoas pudessem participar”, afirma a pastora Carol Bassi, que está à frente da organização junto ao Bispo.

As coreografias foram passadas aos participantes através de três vídeos disponíveis durante três meses no portal da Cia. Praise de Dança, com todas as informações sobre figurino, maquiagem e preparação do flash mob. Além dos vídeos, a igreja organizou ensaios gerais para a preparação dos bailarinos no dia da ação.

De acordo com o Bispo John Bassi, o dia 10 de maio é denominado pela primeira vez como o Dia Nacional da Oração com Danças.

”Está tramitando no congresso para que esse dia seja estabelecido como uma lei futura, instituída para que os ministérios possam ir às ruas evangelizar, e ser uma grande benção”, afirma o Bispo.

Por Luana Novaes - www.guiame.com.br 

*Imagens por Marcos Paulo Corrêa

Com o figurino verde e amarelo, bailarinos declaram Jesus através da dança em todo o País

veja também