"Muitos cristãos não amam a Igreja", afirma Rick Warren

O pastor foi nomeado recentemente como o mais popular nos Estados Unidos pela Newsmax na lista da publicação de "Top 50 Mega-Igrejas na América"

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Terça-feira, 15 Dezembro de 2015 as 12:49

Rick Warren, pastor
Rick Warren, pastor

"Muitos cristãos usam a igreja, mas a amam. Esta é uma mensagem difícil para muitos de nós ouvir", disse Warren na última quarta-feira (9) na sua página do Facebook. "Somos profundamente magoados por membros da igreja, que tinham sido decepcionados. Podemos desanimar. Mas a Igreja é a noiva de Cristo. É a esperança do mundo, o navio através do qual Deus trabalha o seu plano. Temos que aprender a amar a Igreja", disse ele.

"Para alguns de nós, amar a igreja significa que existem pessoas que precisam perdoar. Já para outros significa que precisamos nos envolver em serviço, e para outros, significa que precisamos mudar a forma como falamos da igreja. Jesus ama a sua Igreja. Então, por isso devemos amar a igreja também", comentou o pastor.

Warren anunciou em novembro que ele está fazendo parceria com Francis Chan para o que eles chamam de “a Iniciativa H". Eles pretendem realizar uma conferência e reuniu ideias sobre como ministrar aos povos não alcançados e religiosamente descomprometidos.

No site que é parte da iniciativa de Warren, o pastor descreve que Jesus "deu-nos a tarefa de fazer discípulos de todas as nações, e sabemos que, eventualmente, haverá pessoas de toda tribo, língua, povo e nação ao redor de seu trono".

O Papa Evangélico

Warren foi nomeado recentemente o pastor mais popular nos Estados Unidos pela Newsmax na lista da publicação de "Top 50 Mega-Igrejas na América". Johnnie Moore, o editor do site Christian Post, contribuiu com a lista e observou que se você perguntar a 10 pastores, oito deles provavelmente citam Warren como "o pastor mais conhecido na América".

"Seu livro, Uma Vida com Propósitos, é apenas o segundo livre de não-ficção mais vendido. Ele foi recentemente objeto de um grande filme, além de ser usado em treinamento de centenas de milhares de líderes da igreja em todas as nações do mundo”, disse o editor.

"Durante anos, especialistas tem brincado dizendo que Warren é o ‘papa evangélico’. Ninguém estava brincando, quando o papa Francisco veio para a América para o Encontro Mundial das Famílias, em setembro, ele convidou o pastor evangélico Warren para entregar o discurso de apresentação", ressaltou.

veja também