Mulher conta como deixou de ser ateia: "O Espírito Santo convenceu meu coração"

Jessica Jenkins cresceu como uma ateia convicta. Ela só acreditava em fatos científicos, mas após investidas de seu namorado ela reconheceu que precisava de Deus.

fonte: Guiame, com informações do site Hello Christian

Atualizado: Quinta-feira, 11 Maio de 2017 as 9:48

Jessica disse que o Senhor começou a “quebrantar seu coração” enquanto ia do trabalho para casa. (Foto: Reprodução).
Jessica disse que o Senhor começou a “quebrantar seu coração” enquanto ia do trabalho para casa. (Foto: Reprodução).

A história de Jessica Jenkins é realmente inspiradora. Uma jovem que cresceu cética, discordando do cristianismo e que se tornou uma crente em Jesus. Por meio da ação do Espírito Santo e de investidas de seu esposo (namorado, na época) ela foi tocada e se sentiu convencida de que precisava do perdão de Deus.

Jessica era ateia devota e somente acreditava em fatos científicos. Simplificando, ela não tinha fé alguma. Mas quando ela encontrou o homem que viria a ser seu marido, foi apresentada a Cristo e algo incrível aconteceu.

"Eu não acreditava que houvesse um Deus. Eu acreditava apenas na ciência, na teoria da evolução e todas essas coisas que a gente aprende na sala de aula", disse Jessica em seu testemunho. Ela explica que seus pais tentaram levar ela para frequentar a igreja junto com eles, mas Jessica não gostou da ideia. Ela ainda afirma que foi influenciada por seus professores da escola.

Depois que ela passou a namorar um cristão, a jovem teve mudanças em sua vida. "Nós nos conhecemos on-line, e ele tinha sido salvo dois anos antes da gente se conhecer. Ele era um cristão na época e eu sabia. Ele também sabia que eu era ateia quando nos conhecemos. Mas, eu não me importei com isso, pensava que não iríamos falar sobre coisas da igreja ou sobre Deus", relatou Jessica.

“Ele orava todos os dias”

"Ele acabou falando comigo sobre isso, ele estava se sentindo tão influenciado pelo Senhor que ele queria compartilhar comigo tudo o que aprendeu ao longo dos anos. Ele sabia muito e desejava falar comigo sobre isso. Os meses foram se passando e a gente continuava se encontrando e assim ele sempre falava pra mim sobre suas experiências espirituais e sobre a Bíblia. Ele orava por mim todos os dias", contou.

Jessica disse que o Senhor começou a “quebrantar seu coração”. “Foi Deus quem me ajudou nisso, porque por mim mesmo eu jamais conseguiria. Ninguém consegue ir a Deus por sí”, disse. Um dia ela estava dirigindo do trabalho para casa e decidiu que era hora de tentar falar com Deus. “Se realmente houvesse um Deus, Ele veria todas essas coisas que eu fiz no meu passado e são coisas horríveis”, ressaltou.

"De repente eu me senti tão convencida. Bem no fundo mesmo. Eu só pensava nessas coisas, no meu caminho para casa. Então eu parei e comecei a chorar. Eu estava chorando e clamando por Deus. Eu dizia: ‘Deus, se você está ai, eu quero saber a verdade’. Então, eu comecei a pedir perdão pelos meus pecados”.

“Depois disso eu consegui me acalmar. Liguei pro meu esposo, que era meu namorado na época, e contei tudo o que tinha acontecido ali no carro. Ele ficou muito feliz por mim, porque eu fui salva nesse dia”, pontuou.


Confira o testemunho de Jessica Jenkins (em inglês):

veja também