Mundo lamacento

E o drama de Mariana acabou por se tornar mais que um fatídico episódio pontual de calamidade natural - tornou-se uma parábola viva da realidade humana e do planeta em "colapso".

fonte: Guiame, Bruno Brandão

Atualizado: Quarta-feira, 25 Novembro de 2015 as 9:28

O rio que era doce, o mar que era verde-azul, a natureza que vicejava, a vida que se multiformizava em frutos e espécies, enlamearam-se!

E o drama de Mariana acabou por se tornar mais que um fatídico episódio pontual de calamidade natural - tornou-se uma parábola viva da realidade humana e do planeta em "colapso".

Há "lamas" por todos os lados! Há a lama da corrupção em níveis vergonhosos, do Vaticano à FIFA, passando sem precedentes pelo Brasil; do terror ameaçando de potências mundiais a tribos africanas indefesas; da natureza em catastrofismos de toda sorte e por lugares inimagináveis; da família em sua funesta e perversa desconstrução; da alma humana com suas loucuras, incoerências e cobiças em devaneio; dos valores éticos / morais sob insano e promíscuo juízo...

Mundo lamacento tem se tornado o nosso! Será que dá tempo de erguermos "bóias de contenção"? E quem disse que elas serão eficazes? Já não têm sido! Há morte por todos os lados... E em vão trabalharão os que tentarem reverter os descaminhos dos mortais que insistem em não olhar para o Alto, de onde e somente de onde, lhes poderá vir o socorro.

Sinto muito, muitíssimo!

veja também