Nadadora cristã conquista ouro e bate recorde olímpico: "Entrego toda glória a Deus"

Simone Manuel se tornou a primeira e única negra campeã olímpica da natação individual, quebrando o recorde anterior e empatando com a canadense Penny Oleksiak.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Sexta-feira, 12 Agosto de 2016 as 9:41

A nadadora já havia ganhado uma medalha de prata em uma corrida de revezamento. (Foto: Reuters).
A nadadora já havia ganhado uma medalha de prata em uma corrida de revezamento. (Foto: Reuters).

A nadadora cristã Simone Manuel bateu um recorde olímpico na última quinta-feira (11) e se tornou a primeira e única negra campeã olímpica da natação individual.

A jovem de Sugarland, Texas (EUA), ganhou medalha de ouro na categoria de estilo livre (100 metros). Ao competir com a canadense Penny Oleksiak, Simone marcou o tempo de 52s70, quebrando o recorde olímpico anterior. A vencedora participa do evento pela primeira vez.

Em uma marcante entrevista, logo após a competição, ela louvou a Deus por sua vitória. "Tudo o que posso fazer é entregar toda glória a Deus. Tem sido uma longa jornada nestes últimos quatro anos", relatou para o site Christian Examiner. "Sou tão abençoada por ter uma medalha de ouro. Eu sou tão abençoada...", comemora.

Simone tem o costume de publicar agradecimentos a Deus em seu Twitter e postou mais um após a vitória: "É uma honra representar os Estados Unidos. Deus está trabalhando em mim. Eu sou tão abençoada e grata. Obrigado a todos pelo apoio".

Ela já havia ganhado uma medalha de prata em uma corrida de revezamento, e disse que não esperava um ouro individual. "Vindo para minha primeira Olimpíada, eu nem imaginava que iria receber uma medalha de ouro individual. Meu objetivo era apenas obter mais experiência e nadar o mais rápido quanto pudesse", disse a nadadora, segundo o The Guardian.

"E depois das semifinais, ao me ver onde estou... Quando cheguei esta noite, eu estava como quem dizia, 'eu quero subir naquele pódio'. Bater um recorde e obter um registro americano com uma medalha de ouro é super emocionante para mim", ressaltou.

Ela acrescentou que sua vitória foi significativa para o atual clima político nos EUA. "Isso significa muito, especialmente com o que está acontecendo no mundo de hoje, sobre algumas das questões de violência contra os negros", disse a campeã. "Esta vitória traz esperança e mudança para alguns dos problemas que estão acontecendo", finalizou.

veja também