Nem democrata, nem republicano; Franklin Graham afirma que "Só Deus pode mudar o país"

O evangelista, que é o CEO da Associação Evangelística Billy Graham, disse à multidão reunida que a América está como uma nação "em apuros".

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Sexta-feira, 15 Janeiro de 2016 as 6:02

Divulgação
Divulgação

Estima-se que 4.200 pessoas participaram do evento "Decisão da America” de Franklin Graham em Baton Rouge, Louisiana, na última quarta-feira, 13, onde o conhecido evangelista advertiu que a América está "espiritualmente em apuros, racial, econômica e politicamente".

Graham, que é o CEO da Associação Evangelística Billy Graham, disse à multidão reunida na Praça da Cidade North Boulevard que a América está como uma nação "em apuros".

"Estamos aqui hoje porque vemos que nossa nação está em apuros", disse Graham. "Estamos em apuros espiritualmente, racial, econômica e estamos em apuros politicamente. Nenhum partido político vai ser capaz de mudar isso. Só Deus pode corrigi-lo", ministrou.

"Eu tenho zero esperança no Partido Democrata", continuou Graham. "Mas antes dos republicanos começam a se exaltar, tenho zero esperança no Partido Republicano também. Ou quaisquer outros partidos políticos. A única esperança para a nossa nação é o Todo-Poderoso Deus", disse no evento.

O famoso evangelista também compartilhou uma foto do evento massivo em sua página oficial do Facebook, citando Mateus 18:20 que diz: "Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, aí estou eu no meio deles".

Conforme relatado pela Mensagem Batista, Graham, em seguida, levou a multidão a participar de uma oração de três partes. Primeiro, o público orou pelos pecados do país, então eles oraram por seus pecados pessoais, e, por último, eles oraram pelos "pecados dos nossos pais". "A coisa mais importante que podemos fazer é orar," disse Graham à multidão.

Baton Rouge é a cidade mais recente onde Graham fez o evento “Decision American Tour”. O evento está programado para visitar todos os 50 estados dos EUA em 2016. O objetivo da tour é trazer os americanos de volta ao valores cristãos.

"A América está numa encruzilhada, e eu acredito que nós devemos aproveitar cada oportunidade para levantar-se para as coisas de Deus e Sua Palavra," diz o evangelista. O site acrescenta que o objetivo da turnê é "pregar o Evangelho, e desafiar os crentes a tomar uma posição e tomar medidas".

veja também