No Reino Unido, professores não ensinam as crianças sobre Jesus no natal

Dados revelam que um quarto das crianças britânicas nunca tinham ouviram falar da Arca de Noé, e 43% não sabe nada sobre a crucificação de Jesus.

fonte: Guiame

Atualizado: Segunda-feira, 1 Dezembro de 2014 as 9:30

Muitos estudantes britânicos não estão aprendendo que o Natal celebra o nascimento de Jesus Cristo.

"Em algumas escolas neste país, pouco se ensina sobre o verdadeiro significado do Natal, possivelmente porque o pessoal secular é insensível à educação religiosa, ou por causa do medo de ofender pessoas de outras religiões", diz o Sr. Bolton, que foi um dos apresentadores do principal programa de assuntos religiosos em uma rádio britânica.

Bolton acrescentou que as emissoras não estão fazendo o suficiente para resolver este problema, mesmo que quase todos os programas infantis lidem com questões de fé.

Citando uma pesquisa realizada pela Sociedade Bíblica, Bolton disse que um quarto das crianças britânicas "nunca tinham lido, visto ou ouvido falar da Arca de Noé", enquanto outro terço não sabia nada sobre o nascimento de Jesus, e 43% nunca tinham ouvido falar da crucificação.

"O Reino Unido não pode ser compreendido se deixar de lado o papel que a cultura cristã desempenhou no seu desenvolvimento”, afirma Bolton. “Sem o conhecimento do cristianismo, o que nossos alunos fazem em relação à grande parte do acervo da melhor parte de nossa literatura e drama, que estão repletas de imagens cristãs? Ou com a melhor parte da arte européia?”.

Ele também disse que é "vital" que as crianças de outras religiões aprendam o verdadeiro significado do Natal, ou então, "como elas podem começar a se integrar ao nosso país se ainda conhecem pouco da fé em seu coração?"

"As raízes do Reino Unido, como um todo, estão no cristianismo. Enquanto muitos irão certamente basear a data na nova canção de natal da Band Aid 30 single, ‘Do They Know It’s Christmas?’, eu quero que todas as nossas crianças saibam o que o Natal realmente significa", acrescentou.

Com informações de Breitbart / www.guiame.com.br

 

veja também