Nosso precursor...

Nosso “precursor” é Jesus que atravessou o véu e firmou nossa âncora. Nossa salvação está segura como o marinheiro na praia que a tripulação não pode ver

fonte: Guiame, Reinhard Bonnke

Atualizado: Quarta-feira, 6 Maio de 2015 as 6

Jesus_cruz
Jesus_cruz

A Cruz permanece firme. Ela é uma âncora para a alma. Essa figura de linguagem é encontrada no livro de Hebreus 6:19-20. “Temos esta esperança como âncora da alma, firme e segura, a qual adentra o santuário interior, por trás do véu, onde Jesus, que nos precedeu (ou, como precursor), entrou em nosso lugar...”

Essa é uma imagem marítima daqueles dias. Um navio chega ao porto mas não pode se aproximar muito da praia no escuro. Então um marinheiro entra num barco com a âncora que tem um cabo amarrado que também está preso ao navio. Ele é chamado de “precursor.” Ao remar, o cabo conecta a âncora ao navio. O barco do precursor então chega ao seu destino e o marinheiro leva a âncora até a terra firme onde ele a prende seguramente.

De manhã, nenhuma vela é necessária. A tripulação do navio começa a enrolar o cabo mas não é a âncora que se move, mas o navio. Lentamente a embarcação se aproxima da praia. Essa é a origem da palavra “precursor.”

Nosso “precursor” é Jesus que atravessou o véu e firmou nossa âncora. Nossa salvação está segura como o marinheiro na praia que a tripulação não pode ver. Cristo não nos é mais visível, Ele está em “terra firme” na glória, e NÓS ESTAMOS CONECTADOS À GLORIA PELA FÉ ATRAVÉS DELE. Ele entrou na glória por nós. Dia após dia o cabo está diminuindo e nos puxando mais e mais perto de Cristo, nosso precursor.

Um dia nós haveremos de chegar à terra firme do céu e o que veremos? Nosso “precursor” esperando para nos cumprimentar, para que “onde estiver nós também estejamos."

veja também