"A Nova Era é a religião da Nova Ordem Mundial", diz ex-ocultista

Depois que Steven Bancarz se converteu e abandonou o ocultismo, ele tem se esforçado para expor os perigos da "Nova Era".

fonte: Guiame, com informações do Charisma News

Atualizado: Quinta-feira, 16 Março de 2017 as 5:02

Steven Bancarz alerta sobre o "despertar espiritual" prometido pelo ocultismo. (Foto: Reprodução).
Steven Bancarz alerta sobre o "despertar espiritual" prometido pelo ocultismo. (Foto: Reprodução).

Steven Bancarz é ex-blogueiro de um assunto muito específico e curioso: a Nova Era. Ele disse recentemente que a Nova Ordem Mundial que Daniel previu na Bíblia já está viva, mas no “reino oculto”. Para o escritor, a Nova Era que diz promover um “despertar espiritual” nas pessoas pode ser bem pior do que se imagina.

“Podemos perceber que existe uma falsa paz, uma Nova Ordem Mundial e um governo ou religião mundial sob idolatria espiritual. Existe um ressurgimento das crenças e práticas da Babilônia, hoje. E isso foi predito no livro de Daniel e Apocalipse há milhares de anos. Jesus advertiu especificamente sobre isso”, escreveu.

“Há muitas pessoas que não mexem com crenças da Nova Era porque sabem que é exatamente o mesmo material que os Illuminati e os Maçons acreditam. A Nova Era é a religião da Nova Ordem Mundial, é a religião dos Illuminati, a religião dos Maçons. Começa com o antigo Egito, depois com a Babilônia, depois com o misticismo e a teosofia, e se mistura um pouco para nos dar a religião da Nova Era”, explicou.

“A coisa mais irônica disso tudo é ver que as pessoas que começaram a mergulhar no ocultismo estão condicionadas a se verem como pessoas que despertaram espiritualmente. Mas, elas estão entrando mais fundo nas crenças e valores da Nova Ordem Mundial, que eles acreditam ser contra”. Bancarz diz que conheceu a Nova Era na escola.

Profecia bíblica

Desde sua conversão em 2016, ele está expondo a influência demoníaca real sobre o ocultismo. “A Nova Era não é um despertar! É um cumprimento da profecia bíblica de uma religião mundial, um surgimento de idolatrias babilônicas e de uma falsa paz sob o governo do Anticristo, que a Nova Era elogiará como sendo a que finalmente unirá a humanidade”, ressaltou.

“O último despertar é perceber que tudo aponta para Cristo. Tudo parece estar centrado em torno de explicar Cristo, mas tornando Ele alguém que de fato não é, silenciando Deus ou diluindo-O. Ele mantém a autoridade no Espírito, seu nome tem resistido ao tempo. A evidência da ressurreição está lá, além de testemunhos sobrenaturais”, pontua o ex-blogueiro.

“Jesus é real, e nós vivemos em um mundo claramente dirigido por seu inimigo espiritual. Isto é quando as coisas realmente começam a fazer sentido pela primeira vez. Isto é quando as coisas realmente se tornam consistentes, e não temos que lutar com o fato de que todas as culturas antigas que acreditamos ter conhecimento praticaram sacrifício de sangue”, comentou.

“Querem distorcer a imagem de Cristo”

“Observe como os mesmos sites que falam sobre o ‘despertar espiritual’ e ‘Nova Era’ são os mesmos que tentam espalhar informações erradas sobre o histórico de Jesus, a Bíblia ou a história cristã. É estranho. Aqui está a verdade sobre Deus e a vida após a morte. Aqui está a verdade sobre a sabedoria dos antigos que esquecemos. Ignore o fato de que os Illuminati acreditam no que acreditamos e usamos o mesmo Simbolismo. Para eles, Jesus nunca existiu. A propósito, Jesus era só um profeta que ensinava o caminho para se chegar a Deus. Era apenas um mestre que ensinou misticismo. Não acreditem nisso”, alertou.

“As crenças da Nova Era andam de mãos dadas com uma religião de um mundo, que vai de mãos dadas com a negação de Cristo. Tudo volta a Ele porque ele é o Senhor, e este é o momento para afastar o maior número possível de pessoas. E como a profecia bíblica continua a ser cumprida, as decepções ficarão mais fortes. Por favor, não se deixe enganar por essas coisas”, finalizou.

veja também