Novo filme mostrará a história de lutador que se tornou pastor

Com o título "The Masked Saint" ("O Santo Mascarado"), o filme contará a história de Christopher Samuels, um ex-lutador de 'wrestling' que decide se tornar pastor de uma pequena igreja em sua cidade.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Quinta-feira, 7 Janeiro de 2016 as 12:28

Com lançamento programado para esta sexta-feira (8) nas salas de cinema dos Estados Unidos, o filme "The Masked Saint" conta a história de um 'wrestler' (atleta que pratica a luta greco-romana) que decidiu tornar-se pastor. A expectativa é que a produção consiga atingir um novo público.

"Para as pessoas que dizem que o wrestling [luta greco-romana] é algo ruim, bem, meu talento é contar histórias e fazer filmes, e talvez seja assim que Deus queira que eu traga a Palavra dEle a mais pessoas", disse Brett Granstaff, ator que protagoniza a história.

"Eu acho que Deus dá um dom para cada pessoa. Qualquer pessoa pode usar seu talento para ajudar os outros a se encontrar com Cristo", disse ele. "Se você olhar para esse filme, ele pode não ser o típico 'filme baseado na fé', [mas] uma das razões pela qual eu queria fazer este filme foi porque eu acho que filmes cristãos, em geral, meio que pregam para os espectadores".

Em "The Masked Saint" Granstaff interpreta o papel de Christopher ("The Saint") Samuels, que deixa o ringue para se estabelecer como um pequeno pastor cidade. Quando os problemas de Samuels surgem de maneira desenfreada e são expostos para a comunidade, ele decide agir como um tipo de 'vigilante mascarado'. Enquanto enfrenta crises em casa e na igreja, Samuels deve fugir da polícia e de alguma forma conciliar o seu segredo, sua identidade violenta com seu chamado como um pastor.

"O que o filme mostra é a sua jornada", disse Granstaff. "À medida que a igreja fica melhor ele também melhora, portanto, são simbolismos em termos de encontrar a si mesmo e ter segundas chances. Foi a segunda chance de uma carreira dada a um pro-wrestling de se tornar um pregador".

O ator de 35 anos de idade disse que ele ficou intrigado com o roteiro, por causa de sua história inusitada.

"A menos que você é um cristão fervoroso, você provavelmente não vá ver um filme baseado na fé", disse ele. "Mas há sempre outras pessoas lá fora que gostam de ir ao cinema. Eles não vão à igreja, não têm Cristo em suas vidas ou até mesmo têm contato com a mensagem do evangelho de alguma forma, mas não assistem filmes cristãos. Então, por que não fazer um filme que não leva o título 'gospel', [mas] é preenchido com os valores cristãos que tem outra coisa que pode atrair as pessoas para o cinema no meio secular".

"Eu faço grandes filmes de Hollywood. Mas eu também sou uma pessoa de fé e por isso eu queria usar isso para dizer: 'Vamos fazer um filme que tem os valores de Hollywood (falando em um alto financiamento para a produção) e vamos tentar trazer algumas pessoas que normalmente não iriam ver um filme cristão e talvez elas sejam tocadas pelo Senhor", acrescentou.

Granstaff também destacou que está é uma boa oportunidade que ele tem de usar seu talento para levar a mensagem de Cristo às pessoas.

"Deus me deu um talento para o cinema e eu estou indo espero usar isso para levar Cristo a mais pessoas", afirmou.

O filme que exibe muitas de cenas de luta livre ao vivo contou com a participação de Granstaff, que evitou o uso de dublês assegurou que teve que "fazer suas próprias acrobacias".

James Preston Rogers "The Reaper" interpreta o oponente de Granstaff no filme. Com pouco mais de 1,94m de altura, o ator ajudou Granstaff a melhorar suas técnicas de wrestling, usando as habilidades profissionais que desenvolveu no campo de treinamento da Federação Mundial desta modalidade esportiva.

veja também