"O quarto do hospital virou nossa sala de oração", diz marido de mulher curada da leucemia

Os médicos deram apenas duas semanas de vida para Jessica, após ser diagnosticada com leucemia. Mas com o poder da oração, sua família testemunhou um milagre.

fonte: Guiame, com informações do site Charisma News

Atualizado: Terça-feira, 30 Agosto de 2016 as 12:47

A esposa do Reverendo foi diagnosticada com uma leucemia incurável. Os médicos deram apenas duas semanas de vida para ela. (Foto: Reprodução).
A esposa do Reverendo foi diagnosticada com uma leucemia incurável. Os médicos deram apenas duas semanas de vida para ela. (Foto: Reprodução).

O pastor Tony Suárez enfrentou um dos maiores desafios de sua caminhada ao ver sua esposa, Jessica, lidando com a pior notícia de sua vida. Ela foi diagnosticada com leucemia, tendo apenas duas semanas de vida, de acordo com os médicos.

"Minha esposa foi diagnosticada há seis meses com uma leucemia incurável. Os médicos deram apenas duas semanas de vida para ela. De milagre em milagre, ela chegou a fazer um transplante de medula óssea muito arriscado e finalmente foi declarada livre do câncer. Eu vi esse milagre de cura com meus próprios olhos. Nós contamos essa história para dar glória a Deus e encorajar a todos a creditar que os milagres existem", disse ele ao site Charisma News.

O líder contou mais detalhes de sua história de vitória. "No dia 20 de fevereiro de 2016, eu estava saindo de um culto glorioso em Orange County, Califórnia (EUA), onde centenas de pessoas foram batizadas no Espírito Santo. No caminho de volta para o meu hotel, minha esposa ligou e disse que estava com uma terrível dor de cabeça e que precisava ir para a emergência. Pensamos que ela estava tendo uma enxaqueca muito forte, então ela foi liberada do hospital e fomos pra casa".

O reverendo relata que houve mais uma complicação. "Na manhã seguinte, ao tentar sair da cama, ela caiu sem poder andar. Meu filho mais velho, Kohl, com a ajuda dos nossos vizinhos, chamou os paramédicos e ela foi levada de volta para o hospital. Peguei o próximo voo para estar com ela e tentei entender como uma dor de cabeça se transformou em uma paralização nas pernas".

"Depois de oito horas de espera por uma resposta, o médico entrou no quarto do hospital e nos informou que o número de glóbulos brancos era de 146 mil. A contagem de glóbulos brancos normalmente fica entre 4 e 10 mil. Só poderia haver uma causa: leucemia".

A luta contra Leucemia

"A hematologista já tinha começado a analisar a amostra de sangue de Jessica e descobriu que era uma forma agressiva de leucemia atacando seu corpo. Precisávamos começar a quimioterapia na manhã seguinte, pois acreditava que ela só tinha duas semanas de vida. Sentei na sala, sozinho, em completo silêncio. Como posso explicar isso para os nossos três filhos pequenos?", questionou.

"O pastor Sam Rodriguez me ligou à uma da manhã e disse: 'Tony, no livro de Daniel o Rei Nabucodonosor viu o quarto homem. Eu sei que você e Jessica não contemplam Deus nesta situação, mas sim a leucemia'".

"O primeiro milagre aconteceu quando Jessica sentiu a dor de cabeça. Se não fosse isso, não conseguiríamos identificar a leucemia. O segundo milagre é que ela não morreu dentro de algumas semanas, ela viveu! Jessica passou 32 dias dentro de um hospital em Virginia Beach, lutando por sua vida".

O reverendo estava saindo de um culto quando sua esposa o ligou informando uma forte dor de cabeça. (Foto: Reprodução/YouTube)

Batalha por meio da oração

"O quarto do hospital se tornou a nossa sala de oração. Milhares de pessoas de todo o país escreveram para Jessica. Pegamos cada oração, profecia e promessa para Jessica e penduramos na parede de seu quarto, bem na frente dela. Quando os médicos iam vê-la, ela ouvia os relatórios e também lia a palavra do Senhor!", disse.

"Finalmente recebemos o relatório que tanto esperávamos. Os especialistas acreditavam que Jessica poderia ser curada, mas certamente isso exigiria um doador. Encontrar um doador seria um milagre, ainda mais um doador perfeitamente compatível. Sua irmã, Janelle, teve apenas 20% de chance e precisávamos de uma combinação perfeita. Mas, milagrosamente, Janelle foi a escolha certa".

"Jessica recebeu o transplante em julho passado. Não foi fácil e tivemos complicações. Ela ficou muito doente após o transplante. Chegou um ponto em que ela não podia comer e eles instalaram um tubo de alimentação. Jessica tinha grandes feridas que cobriam a língua, em toda a sua boca e na garganta também".

"Um amigo e mentor chamado Morton Bustard, que o Senhor usa poderosamente na cura e profecia, foi a Houston. Eu expliquei o que estava acontecendo com Jessica e vi como o Espírito de Deus veio sobre ele. Ele disse: 'Tony, as coisas vão mudar amanhã à tarde'. Na manhã seguinte, cada ferida na boca, língua e garganta secou e desapareceu, exceto uma. Houve uma mudança quase instantânea em sua saúde. Ela foi capaz de sair da cama, caminhar e até mesmo comer. Eles nem precisaram instalar o tubo de alimentação porque Deus fez um ótimo trabalho em seu corpo", relatou o líder.

"Na semana passada, depois de meses de incerteza sobre o nosso futuro, recebemos a papelada oficial da equipe de especialistas: 'Senhora Suarez, temos o prazer de informá-la de que você está livre do câncer. Seu corpo aceitou o transplante e agora você tem sangue novo e por causa do sangue novo, tem um novo DNA'".

veja também