Obama cita Bíblia em culto memorial de policiais em Dallas: "A tribulação produz perseverança"

Expressando condolências às famílias dos funcionários, bem como aos dois negros americanos que foram mortos por policiais na semana passada, Obama ressaltou que é vital que os americanos permaneçam unidos.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Quarta-feira, 13 Julho de 2016 as 9:45

O Presidente chegou a citar quatro versículos da Bíblia. (Foto: Reuters).
O Presidente chegou a citar quatro versículos da Bíblia. (Foto: Reuters).

O Presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, dirigiu na última terça-feira (12) um culto memorial para os cinco policiais que foram mortos em Dallas, na semana passada. Na ocasião, ele citou a Bíblia de forma extensiva e exortou os cidadãos americanos para rejeitar o desespero.

Expressando condolências às famílias dos funcionários, bem como a Alton Sterling e Philando Castela, dois negros americanos que foram mortos por policiais na semana passada, Obama ressaltou que é vital que os americanos permaneçam unidos contra as dificuldades.

"Eu vejo que é possível vencer quando reconhecemos que somos uma família americana, todos somos merecedores da igualdade de tratamento, todos somos merecedores de igual respeito, todos somos filhos de Deus. Essa é a América que eu conheço", disse ele.

"Dallas, eu estou aqui para dizer que devemos rejeitar tal desespero. Estou aqui para insistir no fato de que não estamos tão divididos como parece. E eu sei que porque eu conheço a América", comentou.

O Presidente chegou a citar quatro versículos da Bíblia, como 1 João 3:18. "Eu me lembro de uma passagem bíblica: Vamos amar não com palavras ou discurso, mas com ações e de verdade. Se estamos sustentando a unidade, precisamos fazer isso por meio de tempos difíceis. Se quisermos honrar esses cinco oficiais de destaque que nós perdemos, então teremos de agir sobre as verdades que conhecemos. E isso não é fácil. Nos deixa desconfortáveis. Mas nós vamos ter que ser honestos uns com os outros e a nós mesmos", disse.

Outro versículo citado foi Ezequiel 36:26. "Já estive em muitas dessas ocasiões, já vi famílias passaram por isso. Mas então eu lembro do que o Senhor disse a Ezequiel: ‘Vou dar-lhe um novo coração, o Senhor diz, e colocar um espírito novo em você. Tirarei de vós o coração de pedra e vos darei um coração de carne’”, pontuou.

"É isso que devemos orar, pedindo por um novo coração. Não um coração de pedra, mas um coração aberto para os medos e as esperanças e desafios dos nossos concidadãos. Isso é o que temos visto em Dallas nos últimos dias. É isso que temos de sustentar".

Obama também citou Romanos 5: 3-4. "A Escritura nos diz que há glória em nossos sofrimentos, porque sabemos que a tribulação produz perseverança; a perseverança, experiência. Às vezes é difícil de compreender as verdades destas palavras, mas essas mesmas palavras nos testam. Como os americanos, podemos decidir que essas pessoas não vão nos separar. Podemos decidir nos unir e fazer nosso país refletir sobre o bem que existe dentro de nós, as esperanças e sonhos simples que compartilhamos", disse.

Por fim, o Presidente citou o Salmo 30: 5. "A dor que sentimos pode não passar rapidamente, mas a minha fé me diz que eles não morreram em vão. Eu acredito que nossa tristeza pode nos tornar um país melhor. Creio que nossa raiva pode ser transformada em justiça e mais paz. O choro pode durar uma noite, mas estou convencido de que a alegria vem pela manhã", concluiu Obama com um apelo a todos os americanos a se dedicarem na construção de um futuro melhor.

veja também