“Obama não é um cristão, porque ele apoia o casamento gay”, disse apresentador americano

"Ninguém que apoie, promove e celebre o comportamento homossexual, é um seguidor sinceramente dedicado a Cristo”, disse Bryan Fisher.

fonte: Guiame, com informações de Huffington Post

Atualizado: Quarta-feira, 21 Janeiro de 2015 as 8:05

 

Bryan Fischer, diretor da Associação da Família, questionou a fé cristã de Barack Obama em seu programa de rádio nos Estados Unidos, Ponto Focal. As críticas vieram pelo apoio que o presidente em demonstrado à causa gay. 

"Eu não sei o que se passa dentro do coração de Barack Obama, mas sei que ele não é um sincero seguidor de Jesus Cristo. Então, para mim, isso significa que ele não é um cristão", disse o apresentador.

Fischer, que é conhecido nos Estados Unidos por sua oposição à leis que denigrem os valores da Bíblia, afirma: "Ninguém que apoie, promove e celebre o comportamento homossexual, é um seguidor sinceramente dedicado a Cristo. É impossível!" 

Em uma de suas sugestões, Fischer afirma que a fé de Obama é secretamente muçulmana. "Ele anda como um muçulmano. Ele fala como um muçulmano. Ele soa como um muçulmano. Ele age como um muçulmano". 

Não é a primeira vez que Fischer critica a postura de Obama sobre a comunidade LGBT. No início do mandato, o presidente declarou que “é importante ir adiante, casais do mesmo sexo devem poder se casar.” 

Indignado, Fischer condenou o discurso de e Obama. "É um absurdo ao extremo, isso é ridículo. É ridículo afirmar que os homossexuais tenham algum tipo de direito constitucional que legalize comportamentos sexualmente desviantes", disse ele na época.

veja também