Papa Francisco admite que tem repensado o celibato na igreja católica: "Está na minha agenda"

Apesar da polêmica em torno da declaração, o líder católico foi discreto em sua resposta, quando questionado sobre o assunto.

fonte: Guiame, com informações do IG

Atualizado: Sexta-feira, 20 Fevereiro de 2015 as 11:26

Na última quinta-feira, 19/02, o papa Francisco revelou que tem refletido sobre a questão do celibato na igreja católica.

Apesar da polêmica em torno da declaração, o líder católico foi discreto em sua resposta, quando questionado sobre o assunto.

"Isso está presente na minha agenda", disse ele.

O celibato adotado pelos líderes da igreja católica já havia sido citado por Francisco como uma prática que ele "aprecia", porém não configura um dogma, ou seja, pode ir a debate.

Atualmente, padres católicos que se casam passam a ser impedidos de exercer a comunhão e celebrar missas. No entanto, esta penalidade só se aplica aos líderes católicos ocidentais. Os sacerdores de rito oriental podem continuar com suas funções, mesmo após o casamento.

veja também