Pastor alerta pessoas que adiam casamento por falta de dinheiro: “Esse não é o alvo”

Jovens que adiam o casamento por aguardar uma estabilidade financeira têm falta de confiança em Deus, segundo Heber Campos Júnior.

fonte: Guiame

Atualizado: Terça-feira, 16 Maio de 2017 as 4:18

Heber afirma que muitos jovens cristãos estão pensando como o mundo. (Foto: Reprodução).
Heber afirma que muitos jovens cristãos estão pensando como o mundo. (Foto: Reprodução).

Quando o jovem cristão está namorando e já pensa no casamento, muitas coisas passam pela sua mente. Uma delas é: “Como vou sustentar meu casamento?” Casa, contas, filhos. Logo em seguida, uma expressão surge: Estabilidade financeira. E por isso, tantos casamentos acabam sendo adiados. Sobre o assunto, o pastor Heber Campos Júnior criticou a atitude.

“Eu tenho dito que às vezes a gente não percebe tão facilmente como nós pensamos como o mundo. Vou dar alguns exemplos. Faça a seguinte pergunta: O que um casal precisa para estar pronto para casar? Eu tenho falado repetidas vezes e sinto que esse é um dos males mais comuns do nosso meio. O que tem acontecido entre jovens como vocês é pensar que antes de casarem, antes de estarem prontos para casar, vocês precisam ter pelo menos uma estabilidade financeira”, disse.

“Essa expressão, estabilidade financeira, virou o nosso alvo. Ele parece crente porque diz: 'Eu não quero ser rico. Eu só quero ter uma estabilidade financeira. Eu não quero muito dinheiro, eu não quero conforto, eu quero assim, estabilidade financeira. Eu acho que não estou tento problema com o dinheiro. Eu só quero ter tranquilidade’”, continuou.

Procrastinação

“Sabe o que me aflige a cerca desse pensar? É que estabilidade financeira significa que nós dois terminamos a faculdade. Se você está no mestrado, termina o mestrado antes. E não é só isso, porque depois que você comprou o terreno, você tem que começar a construir e construção vai dinheiro, e depois têm a mobília, o vestido, a festa e não é fácil”, comentou.

“Porque que eu tô dizendo isso? Eu sinto que tem muita gente boa lá fora que pensa igual a você. Eu trabalho em uma universidade que tem muita gente descrente. Muito secularizada. Tem ótimos estudantes lá. Namorando firme, pensando em casamento. Mas, o que ele quer antes é estabilidade financeira. 'Pastor, qual o problema disso?' O problema não é a coisa em si, mas é o que a gente busca nela”, ressaltou.

“A tal da estabilidade financeira para vocês e quando você namora três, quatro, cinco, sete, dez anos e aí pastor é complicado aguentar, né? É difícil segurar os hormônios. Não é disso que eu estou falando. Embora o delongar o casamento seja um perigo para quem quer namorar de forma santa, o problema não é esse. O problema é que quando você busca estabilidade financeira, você busca segurança em outro que não é o Senhor. Eu sinto que a gente pensa igual ao mundo. Você busca a mesma tranquilidade e certeza”, pontuou.

Confira a mensagem:

veja também