Pastor Franklin Graham desafia cristãos: "Pelo quê você levaria um tiro?"

Em uma breve reflexão, o presidente da Associação Evangelística Billy Graham desafiou os internautas que o acompanham nas mídias sociais a reavaliarem o quanto estarim dispostos a se manterem firmes por sua fé.

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 18 Maio de 2016 as 10:43

Pastor Franklin Graham é evangelista e presidente da Associação Billy Graham e da Missão Bolsa do Samaritano. (Foto: Christian Post)
Pastor Franklin Graham é evangelista e presidente da Associação Billy Graham e da Missão Bolsa do Samaritano. (Foto: Christian Post)

Você aceitaria colocar sua vida em risco pelos seus princípios / crenças? A pergunta foi feita recentemente pelo pastor e evangelista norte-americano Franklin Graham, recentemente em sua página oficial do Facebook.

Em uma breve reflexão, o presidente da Associação Evangelística Billy Graham e da Missão Bolsa do Samaritano desafiou os internautas que o acompanham nas mídias sociais a reavaliarem o quanto estarim dispostos a se manterem firmes por sua fé.

"Pelo o quê você levaria um tiro? Quais são os princípios e crenças que você não iria comprometer em nenhuma circunstância? Mesmo que isso significasse colocar sua vida em risco?", questionou.

Citando a história de Daniel e seus amigos sob o domínio do rei Nabucodonosor, o pastor apontou os personagens bíblicos como um exemplo de homens que não aceitaram negar a sua fé.

"O rei Nabucodonosor, que reinou sobre Babilônia havia emitido um decreto para que todos adorassem a imagem de ouro que ele tinha feito. Três homens que conheciam o Deus vivo e verdadeiro, se recusaram a adorar os ídolos do rei - seus nomes eram Sadraque, Mesaque e Abede-Nego. O rei lhes disse: 'Mas se você não adorarem a imagem, serão lançados imediatamente na fornalha", lembrou o pastor em sua postagem.

Citando a resposta dos jovens valentes - os quais confiaram que Deus era poderoso para salvá-los - o pastor lembrou que os personagens tomaram a decisão de se posicionar pela verdade.

"Eles se mantiveram firmes, em obediência e fidelidade. Levantaram-se pela verdade de Deus. Levantaram-se por sua fé, e eles não desistiram, mesmo quando isso significou colocar a própria vida em risco", destacou.

Graham finalizou sua reflexão convocando os cristãos a não negociarem seus princípios diante de uma "cultura secularista".

"Eu quero chamar cada cristão e cada pastor a se manter firmes como estes personagens e não curvarem à cultura secular, cada vez mais sem Deus em que vivemos... mesmo quando formos criticados, zombados e rotulados como intolerantes. O Deus do Antigo Testamento, que livrou Hananias de sua execução no fogo, é o mesmo Deus de hoje. Ele é ainda mais que capaz de salvar. Você vai se posicionar contra a impiedade? Pelo o que você está disposto a levar um tiro?


Perseguição religiosa
Em todo o mundo, notícias sobre a perseguição religiosa sofrida pelos cristãos estão ganhando as manchetes dos jornais. Recentemente, o parlamento europeu e também o governo dos Estados Unidos chegaram a reconhecer que as minorias religiosas - incluindo os cristãos - estão sendo alvo de um genocídio, praticado pelo Estado Islâmico no Oriente Médio.

Na África - em países como Nigéria, Burkina Faso e outros - o grupo terrorista Boko Haram também tem massacrado cristãos, buscando impor sua cultura / religião islâmica.

veja também