Pastor norte-americano diz que Estados Unidos irão desaparecer como potência mundial no Fim dos Tempos

Em uma de suas mensagens, Greg Laurie afirmou que o fim dos tempos é algo iminente e que os Estados Unidos irão "sair de cena", quando grandes potências se virarem contra Israel.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 4 Dezembro de 2014 as 8:53

Pastor norte-americano diz que Estados Unidos irão desaparecer como potência mundial no Fim dos TemposLíder da igreja "Harvest Christian Fellowship", em Riverside, o Pastor Greg Laurie, disse neste recentemente em seu estudo sobre as profecias bíblicas e eventos atuais que fatos já mostram que a América do Norte vai desaparecer como superpotência mais importante do mundo nos últimos dias. Segundo ele, o país vai tentar se juntar ao anticristo ou será dizimado pelo arrebatamento.

Em um sermão intitulado "Israel, Irã, ISIS e as Profecias Bíblicas", Laurie pregou que os cristãos estão vivendo agora nos "últimos dias" antes do cumprimento de várias profecias do fim dos tempos estabelecidos no livro bíblico de Apocalipse. Eventos atuais, como Israel estabelecendo-se como uma nação, o alinhamento da Rússia com o Irã e a ascensão do extremismo islâmico, disse ele, estão preparando o palco para um conflito em que as forças do mundo se voltam contra Israel.

Porém uma força que vai estar ausente durante esse conflito, Laurie diz, são os Estados Unidos da América. "À medida que as forças do Anticristo surgem, eu acredito que a América do Norte vai desaparecer da cena". Colocando os Estados Unidos no contexto das Escrituras, ele explicou: "Nós não somos encontrados no cenário do fim dos tempos."

Laurie acredita que a ausência dos Estados Unidos no mapa global descrito no Apocalipse pode ser explicado por um dos dois cenários. "Ninguém pode dizer com certeza, mas parece que vamos desaparecer como uma potência mundial [porque] talvez a gente caia na linha como uma das nações confederadas sob o anticristo, mas a versão que eu prefiro mais é que teríamos o arrebatamento e tantos norte-americanos seriam levados para o céu que esta seria a explicação para nossa morte como uma nação".

O arrebatamento é um evento durante o qual, pré-milenistas cristãos acreditam que os seguidores de Jesus, mortos e vivos, serão "apanhados" da terra para se unirem a Cristo, de acordo com 1 Tessalonicenses 4:17.

Os pré-milenistas também acreditam que Jesus voltará à Terra para estabelecer um tempo de paz chamado de "Milênio". Laurie disse que a segunda vinda de Cristo está "muito, muito perto".

"Os acontecimentos dos últimos dias podem ser comparados, como eu disse antes, a um monte de dominós empilhados juntos... Há uma cadeia de eventos que vão se desdobrar em rápida sucessão, começando com a emergência do anticristo e terminando com a batalha do Armagedom e do retorno de Jesus Cristo e uma vez que o primeiro dominó cai, estas coisas vão acontecer assim", disse Laurie estalando os dedos.

Pré-milenistas também acreditam que a segunda vinda de Jesus será introduzida por um período de perseguição religiosa chamado de a Grande Tribulação. O pastor da California citou passagens bíblicas e um texto do ex-secretário de Defesa, Chuck Hagel para mostrar que a Grande Tribulação está próxima.

"O secretário de Defesa Chuck Hagel foi citado recentemente, afirmando que o mundo está 'vivendo tempos históricos definidores que resultarão em uma nova ordem mundial', enquanto questionando o papel da América no mundo emergente. Elaborando mais Hagel disse: 'Este é um momento de transformação global. Nós estamo essencialmente vendo uma nova ordem mundial em evolução e que está sendo construída. Eu não acho que nós temos visto isso uma vez, desde logo após a Segunda Guerra Mundial", destacou Laurie.

Ele resumiu: "Eu não sei o que Hagel quis dizer com isso, mas eu acredito que uma nova ordem mundial está chegando".

Como estas notas, Laurie previu que a Rússia, o Sudão e o Irã vão se reunir para tomar Israel.

Referindo-se a profecias do Antigo Testamento, ele explicou: "[Em] Ezequiel 39, Deus diz a Magogue no versículo 2, 'eu vou transformá-lo e levá-lo para os montes de Israel, trazendo-lhe a partir do norte distante'. Bem, se você olhar para o norte de Israel, encontra a grande nação conhecida como Rússia. Ele estaria falando desta nação? A Rússia? Eu acho que pode muito bem ser isto. Eu não acho que qualquer um pode dizer com absoluta certeza isso sobre a Rússia, mas eu acho que você pode fazer um estudo muito bom sobre estes fatos. Mas o que eu acho interessante é sobre os aliados que marcham com Magogue. Há a Etiópia, o que chamamos de Sudão nos dias modernos, Líbia teria este mesmo nome e, em seguida, há o Irã porque (citado como Pérsia)".

Apesar de o presidente dos EUA, Barack Obama reabrir as negociações com o Irã no ano passado pela primeira vez desde 1979, Laurie acredita que o Irã é um "inimigo formidável" que ainda quer destruir Israel apesar de seu novo líder. Ele também observou que Irã e Rússia são aliados e tem um acordo para vender e comprar armas um do outro.

Laurie também analisou o surgimento do grupo terrorista islâmico ISIS como um sinal dos tempos: "Originalmente, eles foram recrutados como time do colégio júnior e fomos informados que esses caras não são uma ameaça formidável. Na verdade, o ex-secretário de Defesa, Hagel disse que eles eram uma ameaça formidável, mas alguns não acreditavam que eram e, em seguida, eles surgiram como este exército terrorista. Nós nunca enfrentamos um grupo terrorista como este antes".

Profecias de tempo finais são um tema controverso, tanto dentro como fora dos círculos cristãos. Tais discussões são vistas com ceticismo fora da Igreja, após as previsões fracassadas de pregadores norte-americanos como Harold Camping e Edgar Whisenant. Dentro da Igreja, os cristãos estão divididos sobre as interpretações das visões de Pedro e, muitas vezes se dividem em três campos diferentes: pré-milenistas, pós-milenistas e amilenistas.

Laurie entende sua mensagem é controversa, mas disse: "Eu não vou evitar uma questão política, só porque é controversa. Tanto quanto eu estou preocupado, eu quero saber o que a Bíblia diz e é aí que eu vou insistir e conseguir cada vez mais informações".

Com informações do Christian Post

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também