Pastor ora por terrorista do Estado Islâmico no Iraque: “Senti o amor de Jesus”

O evangelista Robby Dawkins viu uma oportunidade de mostrar o amor de Jesus para o militante do grupo terrorista.

fonte: Guiame, com informações do site Hello Christian

Atualizado: Segunda-feira, 12 Junho de 2017 as 2:15

Dawkins viu coisas extraordinárias acontecerem na nação devastada pela guerra. (Foto: Reprodução).
Dawkins viu coisas extraordinárias acontecerem na nação devastada pela guerra. (Foto: Reprodução).

O pastor, pregador e evangelista Robby Dawkins está atualmente em uma viagem missionária no Iraque, onde ele está entrando em contato direto com aqueles que sofrem os perigos da perseguição religiosa causada pelo grupo terrorista Estado Islâmico, além de orar pelos próprios militantes.

"Em nós reside a esperança de todas as nações e a única solução para o terrorismo", escreveu ele sobre sua viagem. "Minha oração é sempre que o Senhor me conecte com pessoas-chave para compartilhar o amor e o poder de Jesus, para que a transformação venha tanto aos indivíduos como às nações", complementou.

Dawkins viu coisas extraordinárias acontecerem, pois ele procura ministrar às pessoas na nação devastada pela guerra. "O governo dos EUA deu as armas dos curdos contra o Estado Islâmico. E nós trouxemos as nossas armas contra os poderes das trevas", ele declara. O evangelista contou que ficou cara a cara com o perigo ao conhecer um militante do grupo terrorista pessoalmente.

"‘Você está olhando para o Estado Islâmico’, fui informado por este jovem quando me aproximei dele", postou o pastor juntamente com uma foto do rapaz. "O que você vê? Você vê seu inimigo? Eu vejo uma oportunidade. Um dos caras que estava comigo disse que se ele pudesse ter uma espada, eu teria minha cabeça arrancada. Eu sinto o grande amor de Jesus por ele", Dawkins continuou.

"Paulo disse que o amor de Cristo me obriga! Jesus disse: ‘ame seus inimigos’. Eu não estou contra a proteção de um cidadão cristão. Eu concordo com a proteção de nossas fronteiras. Mas você tem liberdade para vir a essa nação e orar por eles. Vejo uma oportunidade de amar. Este jovem sentiu uma eletricidade em seu corpo quando orei por ele. Isso lhe deu uma experiência tangível com Isa (nome árabe para Jesus). O que você vê? Agora, o que você fará?", questionou.


"Em nós reside a esperança de todas as nações e a única solução para o terrorismo", disse o pastor. (Foto: Reprodução/Instagram).

Críticas

Mas essa incrível viagem do evangelista não está sendo fácil. Dawkins experimentou algumas críticas ferozes por colocar voluntariamente sua própria vida em risco. "Esta é a minha resposta a todas as críticas que são enviadas a mim, a minha esposa e a meus filhos dizendo a eles e a mim que somos irresponsáveis ​​e estúpidos por vir a estes dois países atacados pelo Estado Islâmico", escreveu.

"Olhe para esses pequenos rostos tão famintos de amor, tão ansiosos por um Salvador. Diga-lhes que sou um tolo por amá-los e estar disposto a deixar minha vida para eles ouvirem o Salvador que eles nunca conheceram. Diga-lhes: ‘Vocês não valem a pena!’ É por isso que nós viemos”. Dawkins finalizou sugerindo a passagem de João 15:13: “Ninguém tem maior amor do que este, de dar alguém a sua vida pelos seus amigos”.

veja também