Pastor que batizou Justin Bieber revela mais detalhes sobre o momento

Durante uma entrevista, o pastor da Hillsong NYC revelou que decidiu evitar a imprensa e contou com ajuda de um amigo - jogador de basquete - para realizar o batismo, que ainda acabou acontecendo de forma inusitada, em uma banheira.

fonte: Guiame, com informações do Christian Post

Atualizado: Segunda-feira, 21 Dezembro de 2015 as 9:58

Justin Bieber ganhou manchetes de jornais, sites e emissoras de TV no ano passado, quando foi batizado, mas agora a pessoa que tornou isso possível, o pastor Carl Lentz - da Hillsong Church em Nova York - está revelou mais detalhes sobre este fato que marcou uma nova fase na vida do jovem astro do pop.

Lentz concedeu uma entrevista para edição de janeiro de 2016 da revista internacional 'GQ', na qual ele revelou como Bieber, o rapaz canadense de apenas 21 anos chorou e lhe disse: "Eu quero conhecer Jesus ... Me batize".

Em vez de esperar para agendar um horário ou mesmo ir até a piscina do hotel que sua igreja geralmente aluga para realizar os batismos, o pastor evitou a imprensa que iria vazar a informação e convidou o jogador de basquete, Tyson Chandler para ajudar na realização deste momento.

"Eu disse: 'Irmão, eu estou em um congestionamento aqui. Eu tenho JB [Justin Bieber] comigo, ele quer ser batizado", lembrou Lentz de sua conversa com Chandler. "E ele reagiu como se disesse 'Feito. Fácil".

Chandler tem 33 anos e agora joga pelo Phoenix Suns. Na ocasião, o atleta morava em uma cobertura com piscina, em Nova York. Mas uma vez que a piscina havia sido fechada, o atleta sugeriu que Bieber fosse batizado em sua grande banheira.

Embora o programa de notícias sobre celebridades 'TMZ' não tenha detalhado a história completa quando noticiou o batismo de Bieber no ano passado, a publicação revelou que o cantor e Lentz estudavam a Bíblia juntos em meio a uma controvérsia sobre vídeos nos quais o cantor utilizou insultos raciais anos antes.

Um ano depois, Lentz entra em defesa de Bieber, que ainda recebe diversas críticas do público.

"Este rapaz tem apenas 21 anos. Ele está em um mundo terrivelmente tóxico", disse Lentz à GQ. "Ele está tentando fazer o seu melhor para descobrir isso. Ele nunca foi ninguém além do que ele professou ser e este é um trabalho em andamento".

Bieber chegou à fama como um ídolo adolescente aos 13 anos, mas em 2011 ele foi igualmente bem conhecido por suas atitudes controversas como o uso de drogas, exageros com bebidas alcoólicas, e até mesmo crimes, como invasão de propriedades de seus vizinhos, além de usar de insultos raciais e participas corridas de carro ilegais.

Mas o cantor agora diz que ele está aberto para revelar seu lado mais suave, dizendo que ele está se esforçando para ser mais parecido com Jesus Cristo.

"Eu só quero sinceramente viver como Jesus. Não quero ser Jesus. Eu não quero que isso soe estranho. Ele criou um modelo impressionante de como amar as pessoas, ser gentil e amável", disse Bieber em uma entrevista à revista Complex no início deste ano.

veja também