Pastor quebra recorde, com sermão mais longo do mundo: 53 horas e 18 minutos

A proposta de quebrar o recorde tinha como objetivo chamar a atenção das pessoas e arrecadar dinheiro para ajudar uma casa de recuperação de dependentes químicos.

fonte: guiame.com.br

Atualizado: Quinta-feira, 13 Novembro de 2014 as 11:09

Pastor quebra recorde, com sermão mais longo do mundo: 53 horas e 18 minutosUm pastor da Flórida (EUA) quebrou o recorde mundial do Guinness Book, com o "discurso mais longo". O sermão foi cronometrado com 53 horas e 18 minutos.
 
Zach Zehnder, 31 anos, é pastor da Igreja "Cross Mount Dora", na Flórida. O recorde anterior era de 48 horas e 31 minutos.
 
"A idéia era quebrar o recorde mundial do Guinness, com o discurso mais longo e como eu sou um pastor, obviamente, escolhi falar sobre a Bíblia, cobrindo sua totalidade e indo do Gênesis ao Apocalipse", disse Zehnder para o Christian Post.
 
Zehnder disse ele combinou cerca de 45 sermões e pregou, usando todos eles juntos.
 
"Meu objetivo de todo o sermão era falar sobre o grande compromisso de Deus para com o seu povo, que, mesmo desistindo dEle em diversos momentos, o Senhor nunca desistiu de nós", disse ele. "Eu tentei manter esse tema ao longo dos 50 sermões".
 
Entre 400 e 500 pessoas apareceram em algum momento, durante o longo discurso. Zehnder precisava que pelo menos 10 pessoas estivessem ouvindo a pregação ao mesmo tempo.
 
O discurso de Zehnder levantou dinheiro para o programa de reabilitação da comunidade terapêutica cristã "Powerhouse".
 
"A principal razão pela que fizemos não foi apenas pregar para que as pessoas pudessem ouvir a Palavra de Deus - o que é uma grande coisa em si - mas, na verdade, para arrecadar dinheiro para a caridade local", disse.

"Nós, na verdade, arrecadamos mais de US$ 100.000, cumprindo o nosso compromisso com uma casa de recuperação, para que seus moradores venham a mudar de vida. Estas pessoas têm lutado com álcool e outros tipos de dependência química. Nós apenas abrimos / ressuscitamos o programa com esse discurso", explicou.

Com informações do Christian Post

*Tradução por João Neto - www.guiame.com.br 

veja também