Pastor viciado em pornografia por 12 anos relata libertação: "Quebrei meu orgulho"

Lentamente, o pastor Tim foi quebrando os laços com seu pecado. Mas, isso só aconteceu quando ele admitiu que não podia lutar sozinho.

fonte: Guiame, com informações do Christian Today

Atualizado: Quinta-feira, 25 Maio de 2017 as 10:27

Tim declarou que o orgulho foi seu maior obstáculo. (Foto: Reprodução).
Tim declarou que o orgulho foi seu maior obstáculo. (Foto: Reprodução).

Por mais difícil que se possa acreditar, pastores e líderes da igreja também lutam com a tentação e podem cair no vício da pornografia. Tim Swanson da Igreja XXX, um ministério on-line dedicado a ajudar as pessoas com pornografia e vícios do sexo, é um desses exemplos.

"Eu posso me lembrar claramente do peso esmagador de carregar minha dependência secreta em filmes pornôs, mesmo estando no púlpito da igreja toda semana", escreveu ele no site do ministério. "Parecia um milhão de coisas no meu peito, às vezes me perguntava se uma pessoa poderia morrer de estresse e se sim, certamente eu seria o próximo".

Tim fez tudo o que pôde para se livrar de seu vício. Ele procurou a ajuda da Igreja XXX. Ele orou e suplicou a Deus para salvá-lo de si mesmo. No entanto, o pastor disse que seu problema só piorou ao longo do tempo.

Ele carregou sua culpa secreta por 12 anos, até que encontrou um grupo de apoio. Lentamente, Tim quebrou os laços com seu vício. Ele agora está compartilhando as coisas que o impediram de se livrar de seus padrões destrutivos na esperança de ajudar os outros que agora estão passando pelo mesmo problema.

Resolvendo o problema

Primeiro, Tim declarou que o orgulho foi seu maior obstáculo. "Foi o orgulho que me levou a dizer coisas como, 'Se eu pudesse ...' ou 'Tudo o que eu preciso fazer é ...' Por isso, eu quebrei meu orgulho, pois a verdade é que eu era impotente para controlar o meu pecado e sempre fazia a coisa errada", ele disse. "Minha vida havia se tornado incontrolável", confessou.

Tim disse que as pessoas precisam admitir que são impotentes contra seus vícios, e quanto mais cedo aceitarem isso, mais cedo poderão ser livres de suas deficiências. Outra coisa que impediu o pastor de se recuperar foi uma visão distorcida de Deus. "Meu problema era que eu não acreditava que Deus queria me ajudar. Eu orei fervorosamente para que ele removesse a minha aflição. Quando Ele não parecia estar fazendo isso, eu acreditei que Ele não se importava comigo" admitiu.

A vergonha não é uma emoção fácil de lidar, mas Tim garante que isso pode ser feito se as pessoas lerem os versículos bíblicos:  2 Coríntios 5:21, Romanos 5: 8 e Romanos 8: 37-39.

Ele ainda disse que muitos cristãos estão tão aterrorizados com o pecado que ficam estressados ​​por não se tornarem um fracasso moral. No processo, eles não conseguem aproveitar a vida e caem sob o feitiço da pornografia. Quanto mais eles tentam estar no controle de seus pecados, mais difícil se torna para eles serem libertados.

“A verdadeira liberdade para um crente em Jesus significa que não somos mais controlados por viver de acordo com certos padrões estabelecidos para nós. Se realmente pensamos sobre isso, não temos padrões para alcançar mais, porque não há nada que podemos fazer para ser aceito", ele explicou. "Você pode estragar todos os dias do resto de sua vida ou nunca estragar novamente. Deus lhe dá as boas-vindas”, finalizou.

veja também