Pastores são homenageados na Assembleia Legislativa durante celebração da CIEAB

Durante a celebração, o louvor foi conduzido pela banda Renascer Praise, Leonardo Gonçalves e Ítalo Ribeiro.

fonte: Guiame, Luana Novaes

Atualizado: Sexta-feira, 22 Maio de 2015 as 9

Pastor Jabes Alencar durante homenagem no café de pastores pró Marcha para Jesus.
Pastor Jabes Alencar durante homenagem no café de pastores pró Marcha para Jesus.

 

A Marcha Para Jesus, uma das maiores e mais populares manifestações cristãs do Brasil, tem data marcada para o dia 4 de junho, na capital paulista. Para celebrar o acontecimento, a Confederação das Igrejas Apostólicas do Brasil (CIEAB), presidida pelo Apóstolo Estevam Hernandes, realizou um café de pastores pró Marcha para Jesus nesta sexta-feira (22), na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP).

A sessão solene foi presidida pelo Deputado Estadual Carlos Cezar (PSB-SP), que estava ao lado do Deputado Estadual Gil Lancaster (DEM-SP), Deputado Federal Marcelo Aguiar (DEM-SP), Bispo Geraldo Tenuta, em representação ao Apóstolo Estevam Hernandes e Bispo Carlinhos, em representação à Bispa Sônia Hernandes, que não puderam comparecer ao evento por compromissos ministeriais.
 
Durante a celebração, o louvor foi conduzido pela banda Renascer Praise, Leonardo Gonçalves e Ítalo Ribeiro. Ministrando a palavra via vídeo conferência, Estevam Hernandes falou da expectativa sobre a Marcha para Jesus e sobre solidão.
 
"Em nossa caminhada espiritual, não há nada mais importante do que a doce presença de Jesus. Enfrentamos a solidão quando temos desafios que muitos não compreendem, quando muitos criticam e perseguem, quando muitas vezes somos obrigados a pagar o preço pela ausência de nossa família", disse Hernandes.
 
Gil Lancaster comemorou a quantidade record de representantes evangélicos compondo a bancada da ALESP. "Nessa casa, trabalham 94 deputados e desses, 20 são evangélicos. Essa é a maior bancada evangélica que já existiu aqui. Ouvimos falar de fiscalizações absurdas na Igreja Bíblica da Paz, que tem tudo direitinho. Parece que eles inventam sempre uma coisinha. Essa bancada irá defender com toda a garra toda e qualquer perseguição contra a Igreja de Jesus não só em nosso Estado, mas em todo o Brasil."
 
"Há 23 anos, o evangelho era conhecido de forma fragmentada", disse o Bispo Gê, da Igreja Renascer em Cristo. "Hoje não somos mais um rebanho, mas sim um grande povo de Deus. Jesus disse que quando fossemos um, seríamos reconhecidos, e hoje vemos isso."
 
Pastores homenageados
 
Na segunda parte da sessão solene, líderes de grandes denominações foram homenageados pela ALESP. Entre eles, Enéas Tognini, fundador da Igreja Batista do Povo, Jabes Alencar, pastor da Assembleia de Deus Ministério Bom Retiro, Edson Rebustini, fundador da Igreja Bíblica da Paz e Rocco Digilio Filho, presidente da Igreja Quadrangular do Estado de São Paulo.
 
Grato pela homenagem, Jabes celebra a evolução e unidade da igreja. "A igreja evangélica não tinha chance de nada. Minha casa foi queimada e meu pai apedrejado naquele tempo tão difícil. A Marcha para Jesus só mostra uma coisa: a igreja está viva. E a igreja está viva porque Ele está vivo. Um dia ele foi sozinho marchar por nós, levando na cruz os nosso pecados. Hoje nós fazemos isso juntos por Ele."
 
Rebustini aproveitou para lembrar dos servos anônimos de Deus, e prestou sua homenagem a eles. "Há milhões de pessoas trabalhando no Reino de Deus que nunca vão ser reconhecidas nessa terra e nem vão receber uma placa como essa. A minha homenagem vai a essas pessoas também, que às vezes não tem nome importante e nem são pastores de grandes igrejas, mas estão servindo a Deus de coração."
 
"Há 40 anos, as pessoas caçoavam dos evangélicos, e hoje é muito bom ver o crescimento da igreja. Mas, mais importante do que isso, é a gente guardar que somos o sal da terra, a carta viva que as pessoas podem ler nas ruas, no trabalho", continua Rebustini.
 
"Há três anos conversei com o governador Alckmin e falamos sobre o papel da Igreja no Estado. Concluímos que a Igreja não precisa do Estado para nada, mas o Estado é que precisa urgentemente da Igreja. A solução está na figura santa de Jesus Cristo, o nosso Senhor", afirmou Rocco.
 
Esta sessão solene será retransmitida pela TV Assembleia no próximo domingo (24), às 21h.
 
Confira as fotos do evento:
 
 

Durante a celebração, o louvor foi conduzido pela banda Renascer Praise, Leonardo Gonçalves e Ítalo Ribeiro.

veja também