Pastores são homenageados na Câmara Municipal de Volta Redonda (RJ)

Aproximadamente 19 líderes evangélicos receberam a medalha "Martinho Lutero", pela realização de trabalhos sociais e por promover o evangelismo na região.

fonte: Guiame

Atualizado: Sexta-feira, 27 Junho de 2014 as 1:58

Pastores são homenageados na Câmara Municipal de Volta Redonda (RJ)Na última quarta-feira, 25/06, a Câmara Municipal de Volta Redonda (RJ) realizou uma sessão solene para comemorar o Dia do Pastor (celebrado por muitas igrejas evangélicas no segundo domingo de junho). Aproximadamente 19 líderes evangélicos receberam a medalha "Martinho Lutero", pela realização de trabalhos sociais e por promover o evangelismo na região.

Um dos homenageados pelo presidente da casa, vereador Washington Granato (PTB), foi o pastor José Flávio Moura, de 79 anos, que lidera a Igreja Evangélica Congregacional de Volta Redonda.

Conhecido por suas ovelhas como "Pastor Moura", ele já tem mais de 48 anos de ministério. O vereador Granato destacou o crescimento da cultura evangélica na região, desde que o líder começou a ministrar por ali.

O vereador também destacou o papel social que o Pastor Moura teve na região, como por exemplo, a grande quantidade de jovens que foram resgatados do mundo das drogas e da criminalidade por projetos idealizados pelo líder da Igreja Evangélica Congregacional, como o Centro Educacional de Teologia e Missões Transculturais (CETEMIT). Neste local, segundo o vereador, cursos são oferecidos ao jovens que desejam ser inseridos no mercado de trabalho. Entre as atividades estão as aulas de Línguas Estrangeiras e Informática.

“Muitos jovens já foram recuperados graças aos esforços dos profissionais que trabalham neste centro educacional. É um serviço que realmente salva vidas que, por algum motivo, não encontram as oportunidades suficientes. Meu desejo é que todos os pastores, homenageados ou não, continuem dedicando suas vidas à jornada ministerial, contribuindo para a ressocialização de diversas pessoas”, destacou.

Washington Granato também homenageou os demais líderes evangélicos presentes e afirmou que a função de um pastor vai além de pregações, mas também implica em estar sensível às necessidades espirituais das pessoas.

“Independente da religião, temos que valorizar o trabalho desenvolvido pelos pastores. Eles transmitem otimismo a centenas de pessoas, quando tudo parece não ter solução. Muitas pessoas deixaram de seguir caminhos errados em razão da influência ministerial destas pessoas”, frisou.

Com informações de A Voz da Cidade

veja também