Pedro entendeu

fonte: Guiame

Atualizado: Quarta-feira, 2 Julho de 2014 as 4:13

Pedro entendeuPedro dizia: "Nunca te negarei. Não vá para Cruz! Não sofra. Fique com a gente! Podemos mudar o mundo com os teus milagres. Sacrificar-se é desnecessário!

Pedro ainda não entendia.

Apenas os milagres de Jesus não seriam capazes de curar o coração da humanidade.

Pedro não queria ser lavado pelo Mestre. Não por despeito, mas por respeito. Achava que o Filho de Deus não deveria sujar-se com ele.

Mas Pedro não compreendia que se as mãos de Jesus não o purificassem, nada mais no mundo poderia fazer isto.

No entanto, quando o Pedro teve sua mente aberta pelo Espírito Santo. Quando foi profundamente tocado pela Palavra Viva, recuou de suas certezas.

Sentiu-se um tolo em pedir a Jesus que não subisse o gólgota. De qual outra forma as sombras seriam vencidas? Qual outro gesto divino poderia transformar a pedra no peito, em carne pulsando esperança?

Pedro defendia-se com a força de vontade. Apoiava-se no seu caráter. Garantia-se agarrado em sua integridade.
Pobre Pedro.

Descobriu a verdade:
Não podemos.
Não somos.
Não temos força pra fazer a bondade fluir de nós.
Precisamos do sacrifício perfeito.
Do amor do calvário.
Do poder do perdão.
Da ressurreição.
Da nova vida.
Do segundo sopro.

Não para nos fazer alma erguida do pó, mas história tirada das trevas e levada, no vento soberano, para a maravilhosa luz.

Conhecendo o nosso coração, percebemos o quanto precisamos do coração de Jesus.

E o que aconteceu com Pedro? Falou menos de si mesmo e muito mais do Seu Senhor. Mostrou as costas feridas e gritou: "Glória a Deus! Fui considerado digno de sofrer pelo evangelho!".

Pedro entendeu. Fez mais do que falou. E quando falou, falou do que Jesus fez, faz e fará!

Por Thiago Grulha - cantor e compositor

veja também